quarta-feira, 30 de novembro de 2016

Privilégio

"(...) E que eu possa ao final ser agradecido pelo privilégio de
ter vivido para ajudar as pessoas a serem mais felizes.
O privilégio de tantas vezes ter sido único na vida de alguém que 
não tinha com quem contar para dividir sua solidão, 
sua angústia, seus desejos.
Alguém que sonhava ser mais feliz, e pôde comigo descobrir
que isso só começa quando a gente consegue 
realmente se conhecer e se aceitar."

Walmir Monteiro


Assim como cada dia de prática ao longo deste ano de estágios, a última semana está sendo muito intensa, saboreada com um gostinho de saudade, angústia e expectativa.
Neste ano, vi pessoas abrirem seus corações calejados, encararem seus medos mais profundos, jogando-se à busca de si mesmas, de sua felicidade... Privilégio! Não há palavra que descreva melhor o que sinto, é um verdadeiro privilégio saber que, mesmo que minimamente, pude, como psicóloga, facilitar a vivência de alguém, facilitar a descoberta do que é mais bonito dentro de cada um de nós...
Hoje não quero escrever bonito, quero apenas registrar meu amor por essa experiência, minha admiração pelas pessoas que encontrei, pela sua força, pela sua coragem.
O ser humano é, apesar de tudo, encantador.

Nenhum comentário:

Postar um comentário