sexta-feira, 25 de abril de 2014

Sobre ser mãe

"Ensinar para uma pessoa o que é o mundo não é função fácil de se executar
Uma mãe mostrará ao seu filho o que é ser... ele mesmo
e ele vai aprender a ser conforme ela o ensina.
O olhar da mãe é que molda o filho, e o seu amor o guiará vida afora.

Não há função mais completa...
E por isso, como Carlos Drummond de Andrade, eu digo:
as mães deveriam ser eternas
porque eterno e infinito é o seu amor
e belíssima é a sua dedicação.

Por isso muito me emociona te ver assim
com um coração a mais batendo em outro corpo
e esse coração também bate em mim."


Hoje, 25/04/2014, aniversário da minha princesa e amada irmã, numa aula que não tinha nada a ver com isso, escrevi esse poema sobre ser mãe...
Eu o dedico a minha mãe, por tudo o que ela fez e significa pra mim, e a minha irmã de coração, Nany, que me honrou ao confiar-me ao cargo de segunda mãe de sua (nossa) linda filhinha!

À minha mãe, admiração e amor sem tamanho...
À minha irmã de coração, especialmente no último parágrafo, um sentimento que se intensifica nesses últimos dias...
Às quatro, meu amor sincero.

Obrigada.

Nenhum comentário:

Postar um comentário