terça-feira, 27 de novembro de 2012

Leve, breve, simples

De repente me bate essa vontade forte de ter um amor pra chamar de meu. Um amor que me sorria sem que me faça chorar, que não desperte o meu desejo infantil de possuir como se possui um objeto. Pessoas não são possuíveis, não pertencem a ninguém. Nada se perde, tudo se ganha.
Um amor tranquilo e pleno, sem pesos ou exigências. Leve, breve, simples.
Um amor que não me tire a liberdade de caminhar sem destino ao som da minha própria voz, imersa nos meus pensamentos.
Um amor que não queira o tempo todo saber onde eu estou, mas que esteja comigo. Que me leve consigo, que me tenha, sem possuir. Hoje eu sou completa, nada me falta, mas ainda há muito a se preencher.







Na imagem, o original, rs.

15 comentários:

  1. Em mim também bateu, até que arrumei, mas a rotina destroi qualquer desejo. Beijo

    ResponderExcluir
  2. "Hoje eu sou completa, nada me falta, mas ainda há muito a se preencher."
    E ainda tem gente que olha estranho pra nós quando falamos sobre o que você escreveu. E concordo quando diz que as pessoas não são possuíveis. Soa tão egoísta dizer que fulano é de ciclano... Um tanto quando "materialista".
    Adorei teu blog, e te vejo sempre conversando com a Ariana, então resolvi te procurar pela blogosfera, rs.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  3. Oi dani, tudo bem com voce?
    Sabe, eu sou tão novinha e esse comentário pode lhe parecer meio bobo, mas ler até o final, ok?
    Depois de muito tempo sofrendo - seja por teimosia ou não - é normal que a gente queria alguém, sabe, as vezes pra tampar tudo isso e lembrar que amar faz bem? É normal querer alguém pra acabar logo com essa dor e esfregar na cara do ex que a a gente pode ser feliz sem ele. Mas será que tem alguém querendo a gente? Que dizer, amar faz parte, mas o que a gente ama? A pessoa ou ter alguém?
    Pensa um pouquinho nisso.
    Eu pensei, sabe, muito. Na verdade pensei 2 anos nisso.
    De verdade? Cuidado
    Bjos, to seguindo aqui, fofa.

    ResponderExcluir
  4. que lindooo e que vc consiga tudo isso e coisas mt melhores
    pq amar e ser amado é oque faz valer a pena.

    ResponderExcluir
  5. E eu fico feliz por ter alguém pra chamar de "meu". Mas não chamar de meu no sentido materialista. Alguém que eu possa dizer que é meu amigo, apesar de tudo. Ah, Dani, as coisas acontecem quando menos se espera.
    Que você encontre um amor pra chamar de seu. E que seja lindo, doce e suave como seu texto é.
    Beijos, Ju.

    ResponderExcluir
  6. Meu Deus, que texto lindo! tu tens um dom =D
    Adorei o teu blog e os textos ^^ Os meus parabens =D
    P.S. Vai haver um concurso com textos e fotografias no meu blog, participa =)

    Me visita ^^ http://inspirationsbymeforyou.blogspot.pt/

    Bjocas fofa =D

    ResponderExcluir
  7. Eu tô procurando essa sensação também, mas as vezes tenho medo...

    Amiga, você tem um dom com as palavras! Ah, muito legal ver o original ;D

    Estou seguindo =]
    Te convido a conhecer meu blog **
    Beijos
    http://livrosebatons.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Inventei a ironia numa toada de vento
    Roubei as asas a uma gaivota azul
    Colei-lhes um poema cheio de penas
    E enviei-o para uma tonta do sul

    Inventei um mar numa bola de sabão
    Roubei uma corda forte e boa
    Atei um rol de mágoa à mesma
    E afoguei-as nas águas de uma lagoa

    Bom fim de semana


    Doce beijo

    ResponderExcluir
  9. Esses amores;
    Chamemos - Maduros!

    Seguindo-te; Flores!


    ResponderExcluir
  10. De repente a gente descobre que precisamos sim de alguém para nos completar, e que essa pessoa não precisa ser SUA, afinal ninguém é de ninguém,isso é egoísmo, conversamos sobre isso já, mas sim o sentimento, o amor, companheirismo.
    Acho que isso se chama amadurecimento.

    Beijos

    ResponderExcluir
  11. Teu post me faz pensar em quando já se tem este amor. Como cultiva-lo? Cuide bem do seu amor, seja quem for!
    né?
    mto bom!
    bjo
    http://opinandoemtudo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Uma hora o amor encontra a gente, ôh se encontra...

    Adorei seu texto, teu blog.. Tudo, dear.
    Beijos, Letícia - @welovendless ♡
    http://wesoldiersoflove.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  13. Amo seu blog, é sempre bom dar uma passadinha.

    ResponderExcluir