domingo, 27 de maio de 2012

Ninguém

"E eu não tenho ninguém pra ligar na madrugada, dizer que ta doendo pra caralho, vem me ver. Ninguém pra atravessar a cidade por mim."

Ninguém, você entende? Agora sou eu e o mundo. Eu, frágil, pequena, cansada. O mundo, imenso, injusto, incansável. E não dá mais pra levar isso numa boa, eu não quero mais fingir que tá tudo bem, que eu me habituei com todas essas mudanças... Eu aceitei. A gente tem que aceitar muitas coisas numa única vida, e vai saber quantas vidas viveremos arrependidos por algo que não fomos capazes de negar... Porque eu não quero tudo isso. De uma forma muito covarde, eu não quero. Eu me sinto machucada, deixada, e por mais que me digam que não é assim, que eu não tô sozinha, ninguém tá disposto a me mostrar isso de outra forma. Eu não quero mais palavras, não quero promessas e declarações falsas, quero atitudes, sabe? Gestos.
Mas as pessoas não se interessam pelo que é verdadeiro, pelo que é sincero.
Não quero cartas e músicas escolhidas ao acaso, não quero nada dito da boca pra fora. Eu me machuquei tanto por acreditar, que às vezes me pergunto se serei capaz de fazê-lo outra vez. Tenho de ser... Porque a gente não pode se permitir amargurar só porque uma pessoa um dia fez mal pra gente. Um mal que a gente quis, que pediu, que sorriu. Um mal que parecia bem, e que por isso machucou muito mais, e a dor foi muito mais intensa, e o corte foi muito mais profundo.
Agora já acabou, e não cicatriza. Não cicatrizará. Continua doendo, ardendo, agoniando. A diferença é que agora não há abraço que sirva de anestesia, não há sorriso que acalme ou qualquer coisa assim. Agora sou só eu e o mundo.

14 comentários:

  1. Eu não tenho o tempo, eu só tenho o agora.

    ResponderExcluir
  2. A gente passa a vida tentando, buscando, e no fim o que vale? Quem continua lá, por nós, além de nós mesmos? Não há nada de errado em seguir sozinho, aceitar a única pessoa que nos faz bem. O tempo, o tempo é ficção, só serve pra iludir, enganar, e ajuda, ajuda a mascarar as feridas, ajuda a ficar mais forte, mais duro, mais calejado, ajuda a fingir que nada disso existiu, ajuda a anestesiar, mas jamais sarará.

    ResponderExcluir
  3. você terá sempre alguém , mesmo que não veja <3

    ResponderExcluir
  4. Nem todos os braços
    e abraços
    do mundo
    sufocariam
    essa
    dor.

    ResponderExcluir
  5. Sei como é isso de não ter ninguém, e é tão ruim, mas penso que na hora certa aparece a pessoa certa para nos dar apoio, nos consolar, amar etc.
    Belo texto!

    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Sempre somos nós e o mundo. Ainda que acompanhados, sempre somos só nós. Para a própria felicidade existir, é preciso entender a necessidade da individualidade.
    Para se viver pra alguém, antes é preciso viver para si.
    Talvez você sinta menos forte sem alguém pra ligar, mas isso é apenas um estado.
    Você tem você para ligar. Você é a pessoa mais importante pra você.
    Ninguém pode ter o poder de lhe deixar mais ou menos feliz. É você que escolhe como se sentirá. Assim será quando estiver plena e independente.

    Ninguém poderá tocar em suas emoções sem que você permita.

    Você saberá quando entregar suas verdades e sonhos, pois estará pronta.

    Você rirá da cara do mundo.

    ResponderExcluir
  7. Nossa! Uau! Que texto.
    Tantas verdades ditas , embutidas.
    muitas e muitas vezes somos só nós e um mundo gigante, que parece nos engolir a cada passo.
    Não há tempo, não há consolo,e aquele abraço que talvez nos aquietaria, não há também.
    Mas passa, eu sei que passa. Acredite que passará.

    Abraços.

    ResponderExcluir
  8. Foi como se lhe visse mesmo falando tudo isso. Entendo bem como é se sentir assim amiga.. deve ser por isso que ás vezes não me responde no msn ou não também.Mas eu entendo! Estou longe de ti e diretamente não posso fazer nada, mas faço tudo o que pedir-me. Pois amigos são para essas horas também. E se lhe alegra neste minuto, isso um dia passa . Depende de você . Eu acredito em você, muito.
    Sinto saudades dessa grande amiga! <3

    ResponderExcluir
  9. nossa, é exatamente assim que me sinto tambem!.. mas sabe, não deixe de acreditar .. de ter fé.. pois isso.. nos faz uma pessoa melhor, para nós mesmo.. e para os demais em nossa volta!. e estar sozinha, não é ruim, é bom.. e tente ver isso :)!
    beeeijos.. e amei o post!
    abraços!

    ResponderExcluir
  10. Eu precisava de palavras assim hoje, obrigada. ♥

    ResponderExcluir
  11. Gostei muito desse texto. Já escrevi algo assim e infelizmente vivi algo assim.
    A gente, às vezes, acredita demais nas palavras e nos esquecemos que elas podem não ser tão sinceras, ou então, que possam perder a essência que um dia tiveram.
    "Agora já acabou, e não cicatriza. Não cicatrizará. Continua doendo, ardendo, agoniando. A diferença é que agora não há abraço que sirva de anestesia, não há sorriso que acalme ou qualquer coisa assim. Agora sou só eu e o mundo."

    ResponderExcluir