quarta-feira, 14 de dezembro de 2011

Um poema na madrugada vazia

Teu olhar ferido
teu rosto cansado
tua voz baixa
e as palavras ecoando
a barba por fazer
os dias por viver
o que fizeram, meu bem,
me diz
o que fizeram com você?

30 comentários:

  1. Ou o que deixaram de fazer com você? Beijo

    ResponderExcluir
  2. Que fizeram com teu bem? E fizeram com meu bem (você)?

    ResponderExcluir
  3. Dias por viver,
    barba por fazer...
    parece que há sempre
    algo incompleto na vida.

    ResponderExcluir
  4. Um vazio,
    uma espera
    de dias melhores.

    ps: fique a vontade,Dani
    escreva quando quiser,
    Beijos

    ResponderExcluir
  5. adorei seu blog!!!
    tô seguindo,bjus

    ResponderExcluir
  6. Acho encantador quem sabe usar o talento pra poesia. Que as madrugadas só te façam bem Dani!
    lindo poema.

    ResponderExcluir
  7. que meigo.. ameiii..
    fica com Deus anjinho...
    bjus

    ResponderExcluir
  8. Profundo .. gostei muito amiga.
    Te vejo hoje ..

    bejoos

    ResponderExcluir
  9. engraçado o rumo que as pessoas tomam,
    querida Daniela, tenho essa mesma pergunta para algumas pessoas, por que seus belos olhos não brilham mais intensamente quando me vêem?

    ResponderExcluir
  10. Madrugada vazia te fez bem, Dani. Bem, pois dela brotou versos de um coração entristecido e eu, mais uma vez me encantei com seu jeito de escrever.

    Menina, não deixe
    de escrever
    Moça, teu jeito encanta
    qualquer ser
    Bela, encante
    com teus versos
    de viver

    Saudades de vir aqui. Estes versos são para você, Dani! Fiz agorinha mesmo. Um beijo enorme no seu coração :)

    ResponderExcluir
  11. Oi,
    passando pra fazer uma visita.
    E convidar pra um concurso que vale um layout exclusivo.

    http://iasmincruz.blogspot.com/2011/12/concurso-mega-blog.html

    ResponderExcluir
  12. Sabe que eu ando meio assim, se jogar o poema para o feminino me descreve.. triste. Aqui sempre lindo como sempre!
    Beijos querida!

    ResponderExcluir
  13. "o que fizeram, meu bem,
    me diz
    o que fizeram com você?"
    Simples, tocante, e me fez refletir muito.
    Belíssimo blog, Daniela.
    Um beijo!

    ResponderExcluir
  14. Imagino uma história de uma moça que foi deixada de lado por um cara... E o teu poema é uma espécie de reencontro entre eles... Ela continua com o mesmo sentimento, e ele acabado por ter ido em busca de novos amores... Lindo poema!

    Obs.: Respondi o seu comentário no Andando Distraído, detalhei o ocorrido, obrigado pela visita. :D

    ResponderExcluir
  15. infelismente (ou não) as coisas sempre mudam...

    ResponderExcluir
  16. das feridas que nos tocam ficam apenas aquele segundo eterno que nos faz pensar "o que fizeram com você?"... e a inocência vai calando no seu peito... Lindo o poema! Utilizei da sua sua frase para fazer uma constatação que me ocorreu! Bons dias te desejo!

    ResponderExcluir
  17. Parabens. passando e dizer que como sempre, esta tudo otimo por aqui. reativei o meu, quando der, passa lá.

    ResponderExcluir
  18. POEMAAAAAAAAAAAAA.Ah,sou suspeita pra falar.HAHAHAHHAHAHAH.

    Eu ameiiii *_*

    O quê aconteceu com ele?Ele não possui mais amor dentro do seu coração.Ah,isso é triste!


    beeijos =)

    ResponderExcluir
  19. CONVITE

    Primeiro, eu vim ler o seu blogue.
    Agora, estou lhe convidando a visitar o meu, e se possivel seguirmos juntos por eles. O meu blogue, é muito simples. Mas, leve e dinamico. palpitamos sobre quase tudo, diversificamos as idéias. mas, o que vale mesmo, é a amizade que fizermos.
    Estarei grato, esperando VOCÊ, lá.
    Abraços do
    http://josemariacostaescreveu.blogspot.com

    ResponderExcluir
  20. Que bonito, moça. Percebi cuidado e carinho nas poucas e singelas palavras.
    Aproveitando...um natal cheio de harmonia e luz pro seu coração e seu lar!

    ResponderExcluir
  21. Posts escritos com a alma, profundamente, me dão uma sensação de liberdade incrível. Não sei explicar. Só sei que é bom. Belíssimo post!

    ResponderExcluir
  22. Querida amiga

    Hoje minha visita é para agradecer
    o presente que é para mim
    a sua amizade,
    e também desejar
    um maravilhoso Natal,
    onde possas encontrar nestes dias
    ainda mais inspiração
    para a alegria de ser feliz,
    e para o milagre de fazer
    quem passa por tua vida feliz.

    Que o teu olhar seja a mais perfeita
    luz do Natal a enfeitar o mundo.

    ResponderExcluir
  23. Palavras fortes Dani...
    O que será que aocnteceu com ele, deixou de acreditar no amor, esqueceu das pessoas que o ama ou simplesmente esqueceu de se amar?

    beijão flo

    ResponderExcluir
  24. Olá, Daniela! Primeira vez minha por aqui, gostei da tua poética. Me fez lembrar as noites que passei com meu primeiro amor, primeiro ex... Ele chegava sempre estranho, então isso me lembra o silêncio dele. Grande abraço. Boas festas. Et au revoir, mon amie !

    ===================

    O que fizeram?
    O que fizeram contigo?
    Por quê não me dizes?
    Por quê ligas o rádio e começas a divagar?
    Onde estão as palavras de antes?
    Onde está aquele sentimento grande?

    Eu queria saber.

    ResponderExcluir
  25. que palavras fortes, cheias de sentimento..

    ResponderExcluir
  26. O que acontece de ruim para a maioria das pessoas é simples: Acontecem outras pessoas.

    ResponderExcluir
  27. Bonito poema, moça. Bonito mesmo.

    Flores e uma
    ventania de bons pensamentos.

    ResponderExcluir
  28. Posso pegar essa palavra e mostrar para um camarada ali? Pois foram escritas para ele, só pode...
    Gostei bastante...

    ResponderExcluir