quarta-feira, 7 de setembro de 2011

Eu digo sim

‎"Não se apaixonar profundamente equivale a não viver. Mas você tem que tentar, porque, se não tentar, nunca vai viver."

O que eu peço não é assim, demais, não é assim, impossível. Eu só quero alguém pra amar, pra sorrir, abraçar. Olhar nos olhos no fim dos dias e pensar que talvez seja real, talvez seja pra sempre. Eu aceito até mesmo a incerteza de um talvez, porque às vezes é preciso arriscar, sabe? Arriscar tudo, mesmo que isso signifique perder tudo, mas se ganhar será tão mais bonito do que se pode imaginar...
Então eu arrisco. Sem medo. Sem limites.
Porque é necessário, indispensável. Arriscar significa viver.

48 comentários:

  1. Que coisa mais linda, Dani!
    Cada palavrinha dessas, cada sentimento depositado em cada esperança que acompanha estas palavras. Que assim seja, que a gente se apaixone sempre e que mesmo perdendo a gente ganhe. Que no final, valha a pena.

    ResponderExcluir
  2. Gostei disso,principalmente porque acredito que riscos são nomes feios que dão às coisas pra fazer a gente desistir,tudo é opção,é escolha,e depois da escolha o TALVEZ num sorriso,enfim,bela.

    abraço !

    ResponderExcluir
  3. Eu ia dizer algo e percebi que a Pâmela já disse então.. fiz o mesmo que ela, e deu certo.
    lindo Dani !

    ResponderExcluir
  4. se não funcionar, arrisca de novo. se ferir, se cura, levanta a cabeça, renasce. uma hora dá certo, e a recompensa é ficar cada vez mais forte.


    beijos.

    ResponderExcluir
  5. Sim, porque num desses riscos a gente sempre encontra aquele complemento que precisa para viver.
    Lindo demais!
    Beijos, Dani!

    ResponderExcluir
  6. "Tentar não significa conseguir. Mas todos aqueles que conseguiram, um dia tentaram."

    ResponderExcluir
  7. E quem sabe enfim, um dia a gente encontre alguém que possa, mesmo que talvez, nos fazer sorrir.
    Gostei muito do texto!
    Beijo.

    ResponderExcluir
  8. ah Dani, cada palavra sonhada tocou lindo meu coração! *-*
    Como você postou ontem no facebook um trecho do filme: O fabuloso destino de Amélie Pulain, seus ossos não são de vidro. Pode arriscar sim! Como dizem, quem não arrisca, não petisca.rs

    ps: Nunca tinha visto o filme, vi por sugestão sua. Obrigada! beijos

    ResponderExcluir
  9. Lindo e forte. Me bateu uma felicidade em ver que isso vem de você.
    Assim como você, estou arriscando, estou vivendo.

    ResponderExcluir
  10. Desvios existem Dani, para serem questionados ou vividos. Eu vivo. Por isso me arrisco.

    BeijooO*

    ResponderExcluir
  11. A gente costuma complicar tanto as coisas, não é? E quando esses momentos nos escapam das mãos a gente sabe que vacilou. Mas fica o aprendizado, o auto-conhecimento. E vale a pena. E sim, eu também quero dizer sim :)

    ResponderExcluir
  12. To assim querendo me jogar no amor,mesmo sabendo que no final posso me machucar,ou talvez nao !
    Vivenciar e sempre valido !

    ResponderExcluir
  13. O pior sentimento que pode existir é o medo. Porque medo de tentar nos trava, e sem tentarmos nunca conseguiremos nada.

    ResponderExcluir
  14. Parece que escreveu num só fôlego, como tb nso proporcioan a leitura. Bem bonito moça! E arrisquemos mesmo, sempre. Com coragem no peito e fé na bagagem! bjs

    ResponderExcluir
  15. sem riscos a vida se perde, como aqueles clichês de velhinhos tristes e sem perspectiva... uma hora o amor chega, sempre chega quando menos se imagina...

    ResponderExcluir
  16. Eu acho justo. Que os anjos digam amém!

    ;)

    Um beijo.

    ResponderExcluir
  17. Esse querer eu também conheço, é um velho amigo que me vem perseguindo, grudando nos meus passos, até que entrou na minha mente, coração. E de lá não saiu.

    ResponderExcluir
  18. Acho que arriscar faz parte de qualquer situação em nossa vida,não é mesmo? Quando você quer alguma coisa,mas a vida lhe dá outra oportunidade ou quando o cara dos teus sonhos aparece e tu não sabe se dá mais uma chance pro teu coração sonhador *_*
    Mas dá,pelo menos,você terá um bocado de lembranças guardadas na sua mente depois <3

    beeijão *_*

    ResponderExcluir
  19. Então, como ouvi dizer, buscar já é um resultado e não um ponto de partida.
    Bonito e verdadeiro.

    ResponderExcluir
  20. Tão honesto e real. Parabéns, maravilhoso.
    Visite nosso blog também se tiver um tempinho?
    http://irmandadealfatal.blogspot.com

    ResponderExcluir
  21. Arrisque sempre Dani, uma hora a recompensa chega!

    Beijos

    ResponderExcluir
  22. Arriscar...é esse o meu mal...eu sempre faço isso. quando me apaixono entro de cara....E sempre me dou mal. Se esse texto for pessoa, boa sorte!

    ResponderExcluir
  23. eu vivo de amor LITERALMENTE... Mas acho exagerado as pessoas que lidam com isso de forma equivalente a valer uma vida... Sendo que eu considero outras realizações bem maiores e mais importantes do que o amor...!
    Mas é uma opnião completamente individuaall..!! Que fique claro que eu não estou falando de amor familiar, to falando de amor de namorado.!!!! uahuahuahsuahs

    @juhhouse

    ResponderExcluir
  24. Viva desse eterno amor que há em teu ser. Ele nunca vai acabar e vc nunca vai desistir de ser feliz.

    ResponderExcluir
  25. Olá novamente ..
    Tanto tempo!
    Eu sumi do meu antigo blog. Afinal, estou participando como colunista do Convite à Loucura e deixarei o endereço aqui. Saudades dos seus textos... Eu que sumi, mil perdões.
    Até mais, fique com Deus!

    ResponderExcluir
  26. Todos tem o direito de alguém assim. É isso.

    ResponderExcluir
  27. Viver é um risco, quem não o assume, morto está.
    Eu digo sim.

    ResponderExcluir
  28. Querida amiga

    Uma vida sem amar,
    não pode ser chamada vida.

    Por mais dor
    que o amor possa trazer,
    preferível esta dor,
    a não amar...


    Que a alegria seja
    um rio a correr
    em tua vida.

    ResponderExcluir
  29. Quem não arrisca, não petisca.

    ResponderExcluir
  30. Aceito o risco porque mais deprimente ainda é passar a vida toda na mesmice, com medo de tentar algo novo, de amar, de viver!

    ResponderExcluir
  31. Olá Daniela Filipini!
    Se não arriscarmos, não viveremos. Simples e direto.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  32. e quando voce tem essa pessoa, mas ela nao te tem?

    ResponderExcluir
  33. as vezes, essa coisa de ter e se dar, pode ser mais complicada do que se pensa.

    ResponderExcluir
  34. Quando o menos pode ser mais, veio essa frase veio na minha cabeça quando terminei de ler e sabe eu adorei o texto, sinceramente...
    Saudades daqui, Beijos!

    ResponderExcluir
  35. Como o velho ditado diz, quem não arrisca, não petisca... E no amor sempre tenho de arriscar!

    ResponderExcluir
  36. E de repente, todos estão apaixonados na minha timeline do Blogger...'___'
    Ah,não, eu quero também!

    ResponderExcluir
  37. Cada sim q vc dá, é um passo mais próximo da felicidade! Beijooos

    ResponderExcluir
  38. Acho que no fundo é o que todos querem, né? Sentir algo. Porque a monotonia às vezes é vencedora e a derrota nos é triste, sentir nos salva de tudo isso.
    Lindo texto, lindo sempre aqui.

    =*

    ResponderExcluir
  39. Você e seus textos sempre me lembram disso - "arriscar é viver". De um modo singelo e sempre único, você consegue me passar essa sensação. Essa sensação, uma de doçura enorme e uma vontade de abraçar alguém, de amar, de sei lá - talvez de tudo. Daniela, tu escreves maravilhosamente bem. Amo aqui esse teu cantinho, sempre que entro vejo algo magnífico que me faz suspirar e pensar. Vontade de sair desse quarto e arriscar, arriscar pra acertar ou errar... A vida é feita de acertos e de erros, afinal, né? Um beijão!

    Nina (:

    ResponderExcluir
  40. Olá,vim conhecer seu cantinho e aproveitei para seguir!
    Parabêns pelo Blog e muito sucesso pra ti!

    Se quiser me fazer uma visitinha,será muito bem vinda e se quiser seguir,sinta-em casa!
    Beijinhos!

    http://umamulherbemvestida.blogspot.com
    @MulherVestida

    ResponderExcluir