domingo, 17 de julho de 2011

Lágrimas induzidas

"A gente corre o risco de chorar um pouco quando se deixou cativar." (O Pequeno Príncipe)

Basta que eu lembre do seu rosto para que as lágrimas invadam meus olhos, basta pensar em ti. Mas como não pensar? Como esquecer-te? Não sei e nem quero, não quero uma vida sem você.
Não tenho notícias suas, eu disse "estou com saudades" e você respondeu que também está, "minha flor", se soubesse como me faz sorrir ao chamar-me assim...
Tudo me faz pensar em ti, e cada parte do meu corpo implora pela sua presença, mas como te fazer presente, meu anjo, com mil e trezentos quilômetros entre nós? Minhas lembranças são umas poucas imagens na tela do computador, sorrindo pra mim, como se eu pudesse esticar os braços e te tocar... Sabe, anjo, tenho passado horas pensando em você, todos os dias, todas as noites, principalmente de noite, quando a saudade fica mais forte e as lágrimas são mais difíceis de conter...
Penso em você, não importa a hora, penso ao escutar qualquer palavra de amor, penso quando eu acordo e quando eu me vejo - é, te imagino assim, do meu lado, dedos entrelaçados, sorriso bobo no rosto, brilho no olhar.
Pela primeira vez a minha intensidade não tem me assustado, parece-me natural sentir tudo o que eu sinto. E eu sinto, meu bem, como eu sinto... Sinto tão que, garanto, se a distância não fosse tão grande, logo eu fugiria pro seu lado, pro's seus braços, pr'onde você quiser.

34 comentários:

  1. Pior eu que estou ao lado e sinto uma distância imensa de tudo que antes vivia grudado.
    To te seguindo no twitter Dani, se der segue de volta: www.twitter.com/porragabis

    ResponderExcluir
  2. A distância torna tudo mais difícil, mas ainda sim é lindo no final das contas...

    ResponderExcluir
  3. Lindo menina. Estamos sempre na estrada cativando alguém ou nos deixando cativar.
    Beijos com ternura.

    ResponderExcluir
  4. A distância, por um lado é ruim, mas por outro pode ser elo de fortalecimento. (Nada é por acaso)

    ResponderExcluir
  5. Que lindo Dani, que lindo. Saudade e distância são duas palavras bem intensas. Como é bom sentir saudades de vez em quando, né? Um beijo!

    ResponderExcluir
  6. Ai Dani. A saudade é sempre dolorida. Mas ás vezes necessária. O ruim é que dói. Muito!

    Lindissimo texto. mil beijos

    ResponderExcluir
  7. Oi. Tudo blz? Estive aqui dando uma olhada. Muito legal. Gostei. Apareça por lá. Abraços.

    ResponderExcluir
  8. A distância existe pra permanecer o sentimento mais intenso e verdadeiro.
    Manter a saudade é o risco que se corre quando se gosta.
    Lindinho o texto.
    Beijos

    ResponderExcluir
  9. O texto está lindo e o final está impecável, Dani!

    Sinta mesmo, sinta muito! Isso nos move :)

    ResponderExcluir
  10. Sinto tudo isso pelo meu 'best'. Mas, tudo foi pior quando ele me contou que arrumou uma namorada onde ele mora agora, e agora vive em função dela, e já não fala comigo como antes, dizendo que vai me esperar, chorando na web cam de saudades, pq ela tem ciumes até das minhas palavras.

    ResponderExcluir
  11. A distância é um tormento e uma nova droga da atualidade, o grande obstáculo do amor contemporâneo. Lindíssimo texto.

    ResponderExcluir
  12. Viver um amor a distância nunca foi fácil. Já vivi e sei o quanto sofri. A falta de não termos por perto é a que mais dói. Mas se te faz bem, viva isso cada minuto. Aproveite cada palavra, cada conselho, cada sentimento. Viva e, se for pra dar certo, espere pelo dia que se encontrarem. Sei o quanto isso vai ser lindo. E você vai se emocionar.
    Lindo, muito lindo.

    Um beijo.

    ResponderExcluir
  13. Corremos o risco de chorar rios quando não nos deixamos cativar.
    Permitir-se é risco, concebido. No entanto, mas me vale um ato realizado que uma ideia fixa na memoria. Me vale mais o leite derramado, do que nunca saber que gosto teria o beijo, o doce... O fel.
    Talvez as palavras estejam embaralhadas e eu não me expresse bem, acontece, já que são 02:26 da manhã. Porém, o que quero dizer é que vale a pena tudo que é cometido, até os erros. Melhor tentar e se arrepender, do que viver de remorso por nunca ter dado um passo.
    Bonne nuit, chérie!

    ResponderExcluir
  14. que coisa liinda!

    o amor que já não traz medo, traz paz. *-*

    ResponderExcluir
  15. Um amor tão infantil, tão bonito, tão puro. Dá medo, lembrar dessa sensação que te rouba a sensatez, mas que faz um bem...

    Você escreve o amor, como poucos.

    ResponderExcluir
  16. amo o blogue vou seguir segues o meu ? :b

    ResponderExcluir
  17. O que vc escreve são palavras que quase paralisam e depois fazem voar..o pensamento! beijooO*

    ResponderExcluir
  18. Guria, acho que estamos no mesmo barco, não tenho certeza em km da distância que me separa daquele que eu posso chamar de amor da minha vida, mas também sofro desse mal, mas a cada dia que passa eu sinto que o sentimento cresce em mim, de uma maneira tão linda e tão única, embora doa. Tem uma frase de Caio Fernando Abreu que serve para nós, quando pensamos que eles não estão aqui, quando sentimos a falta deles: "Sempre há alguma coisa que falta, guarde isso sem dor.Embora, em segredo, doa." No nosso caso, alguém.
    Beijo grande!

    ResponderExcluir
  19. Essa ausência de quem amamos é dilaceradora!
    Gostei;

    Abraços *-*

    ResponderExcluir
  20. palavras lindas e com muito sentimento. adoro o pequeno principe. ahh.. feliz dia do amigo :)

    ResponderExcluir
  21. A distância é uma droga mesmo né? AUAHUAHAUAHU.
    Mas eu aaaamei o texto, e hei,não desista de sonhar com teu amado mesmo que ele esteja longe,sabe.O cara lá de cima sabe o que faz \o/
    E ainda ter a certeza de saber o que tu sente é ainda mais real,faz com que todo o resto valha a pena (:


    Amooo teus posts e sempre fico besta.HAHAHAH.Isso eu já sou né, mas sei lá, o amor é tão inspirador *___*

    ResponderExcluir
  22. Os sábios e os que amam verdadeiramente usam da distância como ingrediente para dar mais sabor ao amor.
    Quem ama espera, supera, segue firme, mesma que a dor seja imensa e a saudade o vale das lágrimas, mas nada é mais forte do que a certeza do bem querer.

    Gostei muito daqui. Passo e fico.

    Um beijo na alma,

    Fran.

    ResponderExcluir
  23. Começando o texto com uma frase do pequeno principe, não tem como ser ruim...
    Perfeito!

    Beijos amore, saudade!

    ResponderExcluir
  24. Quando a saudade agarra-se ao nosso corpo e as lágrimas já parecem impossíveis de serem controladas, um dos sentimentos mais bonitos pode estar presente.

    ResponderExcluir
  25. Suas cartas são sempre de emocionar,tão derramadas,forçadas de tanto amor,tanto carinho,querida Filipini,não muda nunca,tá?! me deixa feliz ver gente ainda assim,enfim,bela.

    abraço !

    ResponderExcluir
  26. Olá Daniela Filipini!
    Texto lindo!
    A distância não separa o que o coração juntou! :)
    Parabéns pelo blog, você escreve super bem!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  27. Parece que hoje os textos tiraram o dia pra conversar um com o outro. Li a pouco em um blog também uma desventura amorosa, de lembranças assustadoramente sorridentes. Eu nunca andei por essa trilha, então minhas lágrimas ainda estão contidas apenas para dramas e mortes de personagens fictícios.

    Mas se um dia a distância separar alguém de mim, eu juro que roubo todas as roupas dele só pra ficar com cheiro. No minimo isso, por favor.

    ResponderExcluir
  28. Exatamente o q eu sentia uns meses atrás.. aquela saudade.. longos tempos olhando as fotos pelo computador..

    ResponderExcluir
  29. eu não entendo pq a distancia existe, sinceramente...

    Bjs

    ResponderExcluir
  30. Ah Dani, como sempre com palavras lindas e doces.
    Amo tudo o que você escreve e sou uma eterna admiradora sua.
    Linda!.
    Amo você =)

    ResponderExcluir
  31. Eu gostaria de saber quem inventou a tal da distância pra poder puxar a orelha dessa pessoa pra ela ver o quanto a saudade dói. Hehe
    Lindo texto Dani!

    Beijos

    ResponderExcluir