quarta-feira, 15 de junho de 2011

Procura-se...

Procura-se: um sorriso sincero, um olhar brilhante - talvez até apaixonado -, uma mão que acalme, que saiba ser firme e leve, forte e carinhosa. Procura-se alguém que valorize os pequenos gestos, que ame os detalhes. Alguém com a capacidade de desvendar mistérios, que compreenda a intensidade de sentir extremos, do nada ao amor imenso, a dor como único sentimento. Procura-se alguém que esteja perto mesmo quando distante, e que jamais vá para longe. Procura-se alguém de andar discreto, que tenha o abraço certo e as palavras que preciso escutar. Alguém que compreenda meu silêncio de objeto, que na noite faz-se ainda mais quieto, e mesmo assim aceita os poucos gestos que me permito não conter.
Procura-se alguém e não sei ao certo quem, sei que preciso encontrar. Preciso de sua voz desconhecida, mas que ao ouvir, eu reconheceria, como se de outras vidas já a tivesse em minha memória. Minha memória que está cheia de não-fatos, de lembranças inventadas e sonhos confusos que não consigo organizar.
Procura-se...
Não importa onde ou quando, mas procura-se alguém para amar, e que esse amor seja a conjugação do indefinido, do infinito, do que não se pode enganar, não se pode ignorar. Um amar que seja leve e livre, que nos permita respirar e sentir falta um do outro, mas que no momento certo nos inflame o coração, que torna-se um só. Um coração tão grande que não se possa controlar, que abrigue um amor tão grande que não possamos nos deixar.
Não peço o "para sempre", apenas busco algo que seja verdadeiro "por enquanto".

35 comentários:

  1. Se encontrar...avisa-me,pois estou começando a desacreditar em coisas assim,enfim,bela.

    abraço !

    ResponderExcluir
  2. Você não precisará contratar a Scotland Yard para encontrar o que procura. Não terá que abrir os olhos numa nevasca para tentar ver todos esses atributos que pede.
    A naturalidade das suas emoções é o seu maior passaporte para esse voo panorâmico.
    O 'verdadeiro', o 'pra sempre' e o 'por enquanto' vão bater na sua porta. E você vai abrir exatamente como o seu melhor sorriso.

    ResponderExcluir
  3. Lindo, puro e verdadeiro. Adorei suas palavras, querida. Há tempo para tudo e logo chegará seu tempo e você poderá sorrir sem parar com seu mais novo amor. Au revoir (:

    ResponderExcluir
  4. Procura-se arrependimento.
    Procura-se amor Ágape.
    Procura-se salvação.
    Acha-se salvação através de Jesus e do Seu grande amor.

    Lindo post *-*

    ResponderExcluir
  5. 'Não peço o "para sempre", apenas busco algo que seja verdadeiro "por enquanto".'
    Melhor definição pelo que mais procuro .Que encontre o que procura na sua melhor forma e compreensão .
    Bjss

    ResponderExcluir
  6. Lindo post, pedir o ''por enquanto'' é disfarçadamente pedir que o fim venha, e isso é a mais pura realidade, porque o fim sempre vem, e é bom não enfeitar.

    ResponderExcluir
  7. ''Procura-se alguém que valorize os pequenos gestos, que ame os detalhes.''

    Procura-se alguém que tenha uma alma sensível e sinceridade de sentimentos... Sim, ainda procura-se. Onde encontraam-se? Se achares, por favor, diga-me. Preciso.

    Sempre tão delicada e bela em tuas palavras, a calma com que elas me embalam, são indescritíveis, é sempre muito bom te ler.

    ResponderExcluir
  8. Se encontrar...avisa-me,pois estou começando a desacreditar em coisas assim. 2

    ResponderExcluir
  9. Essa busca é constante. É o que impulsiona, que move, que desperta, que instiga..
    Eu busco o pra sempre!

    Amei o texto, Dani.
    Beijos

    ResponderExcluir
  10. Taí agora fiquei com uma duvida, e ela vem de ditados populares...
    Dizem que quando você está procurando esperando a coisa nunca chega... que vc tem que se destrair pras coisas acontecerem...
    já diz o ditado...
    "quem procura acha"

    Vai entender né?!
    ;*

    ResponderExcluir
  11. Sabe qual é o nosso mal? Procurar. Desejar, querer muito.
    Tudo isso faz com que aqueles que se aproximam não sejam o suficiente. Queremos e buscamos já com tantos detalhes que o próximo a nós não satisfaz-nos e ficamos triste, extremamente tristes. Por não ter ninguém, por ter alguém. Sempre acabamos tristes. Entonces, vamos acabar com esses rótulos e deixemos que as imperfeições alheias nos invada e preencham o nosso vazio imaculado. Somos tão ricas em sentimentos, escrevemos tanto sobre eles e tão pouco sabemos o que fazer com os próprios, como direcioná-los.
    Merecemos alguma chance, mas esta, parte primeiramente de nosso interior.
    Assim, paremos de PROCURAR e vamos, permitir...
    Bonne nuit cher ami.

    ResponderExcluir
  12. quando se vive de verdade, não há tempo pra procurar nada.

    ResponderExcluir
  13. Se você conseguir encontrar uma pessoa assim, é porque a merece. Pode ter certeza.

    ResponderExcluir
  14. E não pode o "por enquanto" ser um "para sempre"? Um "para sempre" enquanto dure. Uma pequena eternidade (?). Certo, viajei. Teus textos sempre me fazem pensar mais e mais a fundo. Sempre me tocas com eles, Daniela.

    Um beijo!

    ResponderExcluir
  15. Para o peito dos sofrimentos dos homens.
    tudo é noite.

    Beijos menina que amo.

    ResponderExcluir
  16. Nada mais importante que a verdade, noite ou dia, tempo e não-tempo.

    Beijo.

    ResponderExcluir
  17. Quando tu desistir de procurar e começar a viver com mais intensidade, pode ter certeza que esse amor vai aparecer.
    O segredo é não procurar e sim se deixar ser encontrada!

    Beijos

    ResponderExcluir
  18. Eu as vezes, e tantas, procurei e hoje não sei se o encontrarei, mas parei, descobrir que quando eu me dedicar a mim, eu o encontrarei do jeitinho como sempre procurei....
    Mas todas essas qualidades é o que simplesmente precisamos de alguém para estar ao nosso lado

    Beijão Dani

    ResponderExcluir
  19. Alguém
    que virá de longe
    ou de perto,
    que será por certo
    um novo caminho,
    um novo alento,
    Nem herói nem bandido,
    apenas um mortal.

    BeijooO*

    ResponderExcluir
  20. esse amor chega e a gente nem espera…é assim!

    ResponderExcluir
  21. Lembrei do poema de Vinícius de Moraes (Procura-se um amigo). Sabe, eu acho que no fundo, vivemos uma busca contínua. Tentamos encontrar o que nos falta. Vamos até os confins de nós mesmos...Tentamos nos achar em outra pessoa. Nos frustramos,caimos,mas,não desistimos da nossa busca...

    Enfim, para mim, os seres humanos são desse jeito.

    ResponderExcluir
  22. Lindo seu texto, Dani! Me lembrou muito o do Vinicius, como a Su disse... E ambos são deliciosos pra ler!

    Quanto ao seu comentário no meu blog, bom, espero que consigamos selecionar melhor nossas dores e assim fazer com que a vida seja mais doce - e leve.

    (E agora, que você sabe o que procura, quem sabe não aparece?)

    Beijos!

    ResponderExcluir
  23. Também quero um amor que me complete por inteiro, como você descreveu. Idealizar o amor é lindo,como você fez,mas quando o amor vier, vamos passar por tudo isso e nem perceber, de tão intenso e cegante.

    Adorei aqui e estarei sempre visitando! Estou seguindo! Me siga e visite: http://biacentrismo.blogspot.com

    Beijos!

    ResponderExcluir
  24. E eu também estou a procura deste tal alguém :)
    Beijão!

    ResponderExcluir
  25. Quero botar no jornal algo assim, um procura-se gigantesco com todos os detalhes. Mas é caro demais pra mim, não é pro meu bico essa coisa de amor.
    Sou dessas que espera cair do céu.

    ResponderExcluir
  26. Seus textos são sempre tão incríveis, Daniela. Deixam sem palavras sabe? Porque você escreve tudo o que precisa ser dito. Também procuro um amor assim. E que ele venha inteiro, mesmo que demore. Que seja sincero. E recíproco. Beijos :*

    ResponderExcluir
  27. Estamos juntas nessa,Dani *_*
    Procuro alguém assim também.Que me ame, que seja meu.Que não precise ser eterno,apenas alguém que não me machuque tanto e não me despreze tanto ;D
    Preciso de felicidade *_*


    Beeijos <3
    Seus textos sempre me comovendo *_*

    ResponderExcluir
  28. A dor da espera nos frusta tanto, nos faz desacretidar aos poucos, mesmo assim aquela esperança fica grudada no fundo do peito esperando para acordar. É necessidade de verdade, de amor. Carência.
    E o texto é maravilhoso, Dani, maravilhoso!

    ResponderExcluir
  29. Estou nessa espera também, e te digo que estou começando a achar que não existe tal pessoa. A gente procura, procura, acha que encontra e acaba quebrando a cara de novo.. Mas ainda fica guardada aquela esperançazinha no fundo do peito, que sussurra de vez em quando "calma, ele vem..". O texto ficou maravilhoso.

    ResponderExcluir
  30. Tão romântico, tão contido, tão Amélia...
    A moda de agora é se dizer para não se correr atrás das borboletas... o resto você deve saber. Tem algo certo na moda, tem algo errado também, que só você pode descobrir.

    ResponderExcluir
  31. Amiga,

    Quantos e quantos não procuram - e encontram - a felicidade no outro? Se é possível encontrar? Sim, sim... Não duvido.

    Bjs!!

    ResponderExcluir
  32. É o que costumo dizer... "enquanto essa eternidade durar..."
    Você é linda, menina. Cheia de luz.

    ResponderExcluir
  33. "Minha memória que está cheia de não-fatos.."

    Belo trecho...

    ResponderExcluir
  34. Parabéns pelo lindo texto.
    Conhecendo ele dois anos depois, e de forma aleatória.
    Mas sabe quando tudo o que você quer está descrito apenas em um texto?
    É isso. rs
    Espero que tenha achado o teu, enquanto sigo na estrada procurando o meu. (:

    ResponderExcluir