segunda-feira, 14 de fevereiro de 2011

Dónde estás?

Passei o dia fingindo que te esqueci, que não importa, "tanto faz", tentei me convencer de que passou, coisa de momento, caso passageiro, rápido, por pouco não me convenci. Mas então chegou a noite e com ela toda a solidão das lembranças de quem lembra sozinho. Eu sei que você não pensa mais em mim. Algo tão pequeno como o que viveu comigo, insignificante, por que lembrar? Não fui nada além de qualquer uma, me pergunto o que me fez pensar que eu seria diferente, afinal, tenho olhos e cabelos castanhos como qualquer outra garota. Acontece que o meu olhar é mais firma que o delas e não gasto palavras em vão. Acontece que meu coração é um tanto mais forte e mais frágil, acontece que sou essa contradição alucinante e sempre me julguei muito dona de mim. Então você me olha e me desarma. Não é preciso dizer nada, apenas me olhar, e minha alma se enche de alegria e amor.

"Porque en tus ojos me encontraba y tantas veces me perdi. Porque en el punto exacto de la oscuridad no supe más de ti."

37 comentários:

  1. Você não é mesmo como qualquer outra garota(!) E além de já conquistar com sua beleza, tem todo um caráter e uma personalidade formada. Quantas moças tem isso hoje, diga?

    Você é maravilhosa Dani. E seus textos encantam, e não só a mim.

    ResponderExcluir
  2. exacto, o mais importante! Obrigada linda :)

    ResponderExcluir
  3. o retrato de quem ama é a cama, o lençol e o cobertor

    ResponderExcluir
  4. Ah, manda ele pra merda. De vez em quando a gente precisa ser egoísta e parar de se contentar com pouco.

    Levei um fora doloroso por esses dias, chorei como uma boba, quis sumir por um tempo, mas todo o meu lado racional me mostrou que foi muito melhor assim. E que foi muito melhor ter cortado enquanto a dor era pequena.

    ResponderExcluir
  5. Daniela, o que o olhar não faz? Há tudo e o nada.

    Abraços


    Priscila Cáliga

    ResponderExcluir
  6. Um dia a gente encontra alguém que nos achará única e essencial na vida dele. Isso é algo quase certo.

    Lindo texto, Daniela.
    Beijo.

    ResponderExcluir
  7. Existe coisa pior que tentar se enganar?
    Beeeijooos

    ResponderExcluir
  8. Apenas um olhar, um gesto, um sorriso e que há dentro de mim volta pra ti!!

    Lindo, querida!!

    Beijos

    ResponderExcluir
  9. A natureza humana é um divertimento sem igual. MENTIMOS PARA NÓS MESMOS! Hilario, como se pudessemos nos enganar, mentir de verdade. E sabe, quanto mais negamos, mais estamos nos afirmando por dentro. O exterios repele o interior e vice-versa, isso é quimicamente comprovado, rs. Adorei, *-*

    ResponderExcluir
  10. Acho engraçado como temos umas afinidades culturais/musicais. Gosto muito dessa música que tu usaste no fim e vi, há uns dias atrás, o texto com Extranjera.

    E quanto ao que escreveste, já fiz isso inúmeras vezes. Jurar à luz do dia que esqueci, mas à noite perceber uma série de coisas que nem queria. Acontece..

    =*

    ResponderExcluir
  11. Tudo por um risco tudo por um triz.

    Meu beijooO*

    ResponderExcluir
  12. Oi Daniela

    É realmente raro alguém entender a beleza e o sentimento de um olhar, isso só acontece para aquelas pessoas que sentem de verdade aqueles sentimentos bonito como o amor, paixão, amizade... E ai o olho no olho, o olhar torna-se importante, não é apenas olhar e pronto... Isso é tão raro, mas gostoso se ler que tem pessoas que ainda tem essa visão e mais gostoso ainda é quando encontramos uma pessoa assim, que nos lê, nos vê, com o olhar.

    Beijos

    ResponderExcluir
  13. tem uma música do engenheiros que diz que ninguém é igual a ninguém, e eu concordo com ela.
    Tu não é igual as outras garotas, tu tens brilho próprio e único, diferente de todos.
    E nunca se esqueça que mentir pra si mesma é sempre a pior mentira, quando mentimos pra gente que esquecemos ai é que lembramos mais depois.

    Beijos e fique bem.

    ResponderExcluir
  14. Lindooo!! xD


    Passe o dia fingindo que o esqueceu... e faça isso todos os dias. Vai chegar um momento que realmente o terá esquecido! rsrs'

    Estou tentando acreditar nessa possibilidade. hehe'

    Supeer beijo! =*

    ResponderExcluir
  15. Oi, Dani!!!
    Texto lindo! Esquecer é algo que eu não consigo. Raramente acontece, mas sempre fica algo na memória! Coisas do coração. rs
    Beeijos :*

    ResponderExcluir
  16. Fingir esquecer, fingir, fingir. De nada adianta. Então deixe que as coisas boas transforme o resto em cinzas.

    ResponderExcluir
  17. Somos a diferença para nós, mas nunca para eles. Eles ainda não aprenderam a dar valor nas pequenas coisas. Nem a saber analisar o que vem de dentro.

    Sinto falta de te ler.
    Um beijo.

    ResponderExcluir
  18. As vezes a gente se sente assim... Fraca e forte... Segura e insegura... TEm dias que a gente lembra, em outros fingimos esquecer que realmente acabamos por esquecer!!

    Abraços

    ResponderExcluir
  19. Minha amiga,

    Que há de mais belo que um amor correspondido?? Ao contrário, se não o é, seja como for, nunca valerá a pena.

    Bjs!!

    ResponderExcluir
  20. Também acredito que um dia encontraremos alguém que nos amará mais do que somente nos fazer chorar ou sofrer ou deixar-nos solitárias...

    ResponderExcluir
  21. amiga, a ultima frase pagou todo o texto.
    Estou sem inspiração, acho que tanto tempo sem escrever me deixou meio sem ideias.
    Posto quando der hehe

    bjooos

    ResponderExcluir
  22. Estava passeando pelos blogs por aí, e achei aqui! Gostei! :) Estou seguindo! Depois dá uma passada no meu pra conhecer!

    Beijos :)

    ResponderExcluir
  23. Quanto mais tentava esquecer, mais lembrava. Beijo

    ResponderExcluir
  24. Momentos de lembranças sempre acontecem, realmente é dificil esquecer quando alguém significou muito para nós e aquela perguntinha nunca nos deixa em paz. Será que ele ainda pensa em mim? É dolorido.

    Adorei o texto!
    Beijinhos :*

    ResponderExcluir
  25. 'Regresan las palabras
    Con las que me hipnotizabas'

    Lindo, lindo. Adorei!

    E eu que pensava que só eu conhecia Ha-Ash. *-* Que fofo, muito legal, né?

    =)

    ResponderExcluir
  26. Só a força que se faz para esquecer alguém já é a lembrança dele invadindo novamente a mente. O esquecimento é involuntário. Quando você se dá conta, não está mais lá.

    beijos, coração.

    ResponderExcluir
  27. gostei querida!
    ainda bem que gostaste das fotos, obrigada *.*

    ResponderExcluir
  28. "Acontece que meu coração é um tanto mais forte e mais frágil, acontece que sou essa contradição alucinante e sempre me julguei muito dona de mim. Então você me olha e me desarma."

    Daniela... Daniela do céu. Você está conspirando contra mim, não está? Eu sei que está. Postando esses textos lindos e maravilhosos, para que eu fique tão encantada que sequer saiba o que comentar! Isso não é justo. Só dizer que seus textos são perfeitos não é o suficiente - e eles são, acredite. Mas é só o que posso dizer.

    Lindo demais! <3

    ResponderExcluir
  29. desculpe a demora .. mil perdões !
    bem, meu primeiro dia foi baita cansativo e aterrorizador, mas ao decorrer da primeira semana comecei a conhecer melhor o pessoal e os professores e a escola também . enfim, vou finalmente tomar vergonha na cara e postar sobre tudo isso ..
    beijão ! até ..

    ResponderExcluir
  30. Seu blog está encantador.
    E seu texto é de tirar o fôlego. Eu passo por isso o tempo todo, toda vez que penso que estou superando basta ve-lo para perceber que ainda o amo com a mesma intensidade e que estava apenas me enganando.
    Parabéns lindo.
    Mais amor por favor.
    beijos

    ResponderExcluir
  31. Ai! Sua prosa me encanta TANTO! Parece que eu não preciso nem respirar enquanto leio, porque é tão fluida. Você definitivamente não gasta palavras em vão.

    ResponderExcluir
  32. Ah,mas entendi perfeitamente cada palavra dita,sentimento exposto tão comum,ainda mais comigo.Adoreei ,lindo texto.

    "Então você me olha e me desarma. Não é preciso dizer nada, apenas me olhar, e minha alma se enche de alegria e amor."

    Beijos

    ResponderExcluir
  33. Então você me olha e me desarma.

    Mas ei, você jamais seria comum. Apesar dos olhos e cabelos castanhos, que também compartilho, te adianto: comum não és. E leio isso nas palavras e nas entrelinhas que docemente encaixas entre tuas frases. Não finge que esquece. Guarda. Engaveta para só remover quando a dor for mais fininha. E não esquece: você é mesmo especial.

    ResponderExcluir
  34. Os olhos náo conseguem mentir...
    Beijo Lisette

    ResponderExcluir
  35. Olhares que desarmam. Sei como é isso. Mas comigo, na maioria das vezes, é um sorriso. Intenso, como sempre :*

    ResponderExcluir