quinta-feira, 2 de dezembro de 2010

A delícia da queda.

Sem mais palavras.
Apenas essa lembrança vaga de você. Coisas do passado, que não voltarão. Porque me nego à trazê-las à memória. Porque não quero mais a textura da sua voz. Porque sei que depois de um certo tempo, torna-se incontrolável, e eu não quero a queda.
Mas que maravilha era cair.

28 de novembro de 2010. Noite de insônia, 23:23h.

24 comentários:

  1. "Quantos sonhos em sonhos acordo aterrado,
    Há terrores noturnos, minha alma se leva,
    É um insight soturno, é o futuro passando
    Na velocidade terrível da queda".

    ResponderExcluir
  2. Ah... as deliciosas quedas leves!!!

    Beijos, minha linda!!

    ResponderExcluir
  3. A gente ás vezes se nega a entregar-se, para talvez evitar uma possível queda. Sem saber que o melhor era cair mesmo.

    puts, muito lindo.
    beijão.

    ResponderExcluir
  4. Incrível, incrível, incrível! *aplaude*

    ResponderExcluir
  5. cair só é bom se for nos braços de quem a gente ama, ou cair na farra com as amigas, ou cair de cara nos estudos pra alcançar os objetivos... cair faz parte, e é essencial!

    ResponderExcluir
  6. Cair é a primeira coisa que um anjo sente quando desce à terra.

    BeijooO*

    ResponderExcluir
  7. Eu gosto de guardar o que foi bom.
    Nos acrescenta, eu acredito.
    (:

    ResponderExcluir
  8. Dani obrigada pelo comentário, e vc que é linda e maravilhosa.
    E essa coisa sua ai, onde que está ? ta muito longe de você ? isso que parece ser até impossivel pelo jeito que vc descreve ?
    bjs *-*

    ResponderExcluir
  9. mas você não tem provas nos últimos dias não?
    #eutenho ¬¬"

    se toda vez que eu tivesse insônia - na verdade, nunca tive MESMO - eu escrevesse textos assim ..
    .. melhor nem dormir pra escrever um livro !
    hahaha

    beijo, até ;*

    ResponderExcluir
  10. Tem um desafio pra voce no meu blog, beijos!

    ResponderExcluir
  11. Que maravilhar é voar com suas palavras.
    Beijos...

    ResponderExcluir
  12. Reflexão total pra mim....amei!

    Bjs

    ResponderExcluir
  13. gostei muito!

    obrigada querida! nao tenho tirado fotos novas.. ando cheia de testes!!

    ResponderExcluir
  14. delícia da queda?

    é bom lembrar disso quando nos re-erguemos,não é?
    nos faz sentir fortes =)

    ah,estou te seguindo!

    ResponderExcluir
  15. Ás vezes é preciso cair pra aprender a levantar.
    Em todo o amor há uma flor que nasce nos jardins dos nossos corações e enfeitam os canteiros de nossas vidas e que floresce o ano inteiro.

    Um beijo

    ResponderExcluir
  16. Oi Dani !
    queria falar com você, meu e-mail aqui.
    alannastefany.live.com

    beijão.

    ResponderExcluir
  17. encantada com suas palavras
    muito belo o seu texto
    beijos

    ResponderExcluir
  18. Pelo modo como foi descrito... Esta é aquela delícia que vem doce no início e em seu término se faz amarga.

    Neste caso, prefira a delícia de subir* com alguém que a faça realmente feliz.

    Fique bem, Daniela!

    ResponderExcluir
  19. Tem um selo para você no meu blog. Depois dá uma passada por lá.

    http://omundosobomeuolhar.blogspot.com/2010/12/o-misterio-da-felicidade.html

    Beijos

    ResponderExcluir
  20. Cair nas miudezas de um coração saudoso, é bem dificil...

    Te adoro flor do campo!
    beijos

    ResponderExcluir