terça-feira, 5 de outubro de 2010

Fragmentos.

“Passaram-se as noites e então abri os olhos, o céu é uma grande mancha negra, como um erro irremediável, em segundos brotam estrelas, florescem em tantas cores que nem sei seus nomes, uma paz desconhecida envolve o mundo. Meu mundo. E é nessa conformidade que habito, nessa fraqueza constante que sou, nesse meu não-destino. Para onde vou, não levo planos. Para onde vou, carrego meu pranto. Calada estou, para que ninguém me ouça, para que eu seja então, impossível, e tudo o que posso ser. Serei a chuva tão esperada e o vento nas copas das árvores, transportarei sonhos, amores e flores. Quem sabe assim eu reaprenda a viver...”

“Sinto os seus braços me envolvendo, ouço seu coração batendo sob a pele quente. Não abro os olhos, pois sei que a realidade seria tão cruel quanto a morte e suas agonias. Não quero acordar, não quero perder esse momento. Quero seu sentimento, quero o abrigo, o alento. Sua voz sussurra em meus ouvidos que está tudo bem, sinto sua respiração no meu rosto, tudo bem. Acredite na minha força, no meu querer. Os dias passam e eu esqueço o verdadeiro significado dos fatos.”

“A noite cresce sobre mim, não vejo fim ou início, simplesmente percebo as mudanças. Amores vem e vão, deixam lembranças, sensações, saudades. Deixam a vida criar seu próprio destino, seguem seus caminhos, superam guerras e distâncias. Tempo. O tempo é a chave de tudo, é o único que nos mostra a verdade sem dizer palavra alguma.”

"Manhãs ensolaradas depois de noites turbulentas nos fazem esquecer os pesadelos. Mas eu quero me lembrar dos sonhos, quero trazê-los para a realidade, quero assim vivê-los intensamente. Quero a paz em frente à saudade. Quanto tempo passará até que os dias se tornem desejáveis? Quantas lágrimas virão até que os olhos já não precisem chorar?”

“Relembrei antigos sentimentos, senti bater forte o coração no peito, pulsa e vive.”

Oi, meus queridos. Como vão vocês? Hehe, resolvi postar esses fragmentos que estavam completamente perdidos pelo meu caderno, foram feitos em momentos que não renderam um bom post, mas vez ou outra algo chama a atenção dos olhos e dispara o coração, por fim, aqui estão. Espero que gostem. Quero agradecer a todos vocês pelo reconhecimento e pelas belíssimas palavras que - sempre - me emocionam. Vocês são mais que especiais, são essenciais. Eu não teria chegado onde estou hoje sem o apoio de cada um de vocês, então, muitíssimo obrigado, de verdade. E saibam que estou pronta para ajudar, sempre que for necessário. E, o mais importante: Acreditem em vocês.

22 comentários:

  1. Nossa seu blog é muito lindo, e eu sei como é ter mil fragmentos espalhados por vários papeis pela casa toda, belos fragmentos *-*

    Parabens


    Mil beijos

    ResponderExcluir
  2. Nada é maior que a dor vivida! porque nada é maior que a vida! Nem a arte...não? Mas, colocar essa dor em palavras,é esvaziá-la um pouco...Vale a pena.

    BeijooO*

    ResponderExcluir
  3. (...)Quero a paz em frente à saudade. Quanto tempo passará até que os dias se tornem desejáveis? Quantas lágrimas virão até que os olhos já não precisem chorar?”

    Adorei essa parte!
    Post muito bacana!
    bjs flor

    ResponderExcluir
  4. [Manhãs ensolaradas depois de noites turbulentas nos fazem esquecer os pesadelos. Mas eu quero me lembrar dos sonhos, quero trazê-los para a realidade, quero assim vivê-los intensamente. Quero a paz em frente à saudade. Quanto tempo passará até que os dias se tornem desejáveis? Quantas lágrimas virão até que os olhos já não precisem chorar?”]
    Dani,
    Identificação total. Você que é pra lá de especial. Agradeço toda a sua amizade e a pessoa que você é.

    Beijos
    PS: A fotinho tá linda!!*_*

    ResponderExcluir
  5. menina, da onde sai tanta inspiração? dei uma sumida, mas pretendo voltar com força total :) belos fragmentos!

    ResponderExcluir
  6. viver é como andar de bicicleta...
    alguém nos põe lá, e ensina a pedalar, e como tudo na vida, passa também pelo equilibrio...
    Temos sempre aqueles erros, 'de sempre' são os erros que independente de quantas pauladas levarmos voltaremos a errar!
    =x

    ResponderExcluir
  7. Você é espetacular!

    Te admiro muito.

    Zana

    ResponderExcluir
  8. Caramba Dani, muito lindo esse fragmento!

    "O tempo é a chave de tudo, é o único que nos mostra a verdade sem dizer palavra alguma.”

    Somente o tempo para nos dar todas as respostas, nos guiar pro melhor caminho!


    "Só o tempo
    Te entrega a razão.
    Só o tempo
    Te mostrará a visão do mundo
    Com os seus truques e armadilhas.
    Não há pressa,
    Só o tempo reconstrói um coração
    Partido pelas ilusões."

    Beijos flor

    ResponderExcluir
  9. Olá Daniela,
    Belíssimos fragmentos! Parabéns.
    Abração,
    Flávio Nunes.

    ResponderExcluir
  10. nossa, MUITO BONITO :O é gostoso ler coisas "antigas" ou ate mesmo que voce nem lembrava mais!

    ResponderExcluir
  11. Oi ..
    acho que as rotinas inesperadas são as que mais esperamos ter: algo novo , uma surpresa .
    haha ' no meu caderno também tenho alguns fragmentos antigos. quando eu animar, posto também *-* amei seu post ..
    até ;*

    ResponderExcluir
  12. simplesmente percebo as mudanças." mudanças irão acontecer sempre e não se sinta culpada por nada tudo que acontece e por que deveria de acontecer ; ah lindo o que vc escreve sempre so pra frizar amei sua foto do perfil bjs bjs gatinha

    ResponderExcluir
  13. e porque vc não corre atrás desse sentimento que te da tanta saudade ?
    vai atrás as vzs dá certo.
    dany temos que escrever coisas bonitas pra vc, pq vc só escreve coisas lindas.
    bjs

    ResponderExcluir
  14. tao querida *.*
    obrigada mesmo :)
    escreves tao bem *.*

    ResponderExcluir
  15. Oi, Daniela...
    Muuito bom o seu blog, suas idéias e seu bom gosto. Parabéns pelo trabalho.
    Estou te seguindo.
    Saudações,
    EDU (http://edurjedu.blogspot.com)

    ResponderExcluir
  16. Olá guria! Estive um tanto afastada dos comentários de blog, mas acho que posso dizer que voltei. E me deparei com fragmentos tão belos! Tenho vários em meu caderno também... São aquele tipo de escritos que não servem para um texto, mas às vezes dizem muito mais do que um texto por completo. Eu adoro o seu blog e o seu jeito de escrever.
    Um beijo, @pequenatiss.

    ResponderExcluir
  17. Lindo flor
    sabe que as vezes me pego sonhando tanto que o que mais desejo é que virem realidade e de maneira ainda muito melhor do que a sonhada...
    Sempre acreditando em nós mesmos, sempre que tudo da certo.

    Beijão linda

    ResponderExcluir