sexta-feira, 24 de setembro de 2010

Tempo de mudança.

Um dia depois do outro, e de repente, uma avalanche.
Pra onde correr? Será preciso fugir?
Se assim for, que eu fuja para o mundo que eu criei. Que o céu seja daquele tom azul e que chova todas as tardes, chuvas de verão. O que eu quero é o verão, e nada além. Talvez uma casinha que sorria pra mim todas as manhãs, quando, ao sair, eu olhar para trás. Talvez um lugar distante coberto pela natureza e toda a sua beleza.
Talvez lá as horas passem lentamente quando o céu estiver estrelado demais para olhar por pouco tempo. Que o chão se acostume aos meus pés, que as árvores balancem ao vento quando eu as olhar. Que a música dos pássaros invada meus ouvidos quando em meu silêncio, eu aguardar. Que quando o verão terminar, eu abra os olhos e acredite, enfim, que o cinza do outono levará consigo as folhas secas das árvores que caem ao chão - cansadas de viver -, e que eu saiba que nenhum vento poderá me derrubar, mesmo que seja forte, mesmo que seja insistente.
Afinal, o que importa é o que existe aqui dentro, e isso é tão grande que perco a direção após o horizonte. Ao meu redor, as partículas de luz iluminam todo ambiente que perdeu a cor há tanto tempo, que perdeu a voz por um momento, e quis chorar, e quis sofrer, quis perder-se no infinito para nunca mais se encontrar. O coração perdeu a batida, saiu de ritmo. Calou-se e voltou a vida. Não que tenha escolhido, mas já que o mundo decidiu assim, que seja, que viva para sempre e eternamente. Que sinta-se acolhido por qualquer sentimento, que aceite o esquecimento. Mas que, além de qualquer coisa, perceba que a vida é feita dessas coisas, que o destino é incerto, que a incerteza é o fato. E o infinito é apenas o que não posso explicar.

37 comentários:

  1. Amiga, espero poder estar sempre convivendo as coisas contigo, ainda que distante. Que bons ventos cheguem até seu interior e principalmente, ao seu redor e fazendo assim, que as pessoas que ama, também sintam a briza dele!

    Te admiro muito! Você sabe disso ..
    Te amo muito! Segura sempre na minha mão ..

    Grande beijo, Zana.

    ResponderExcluir
  2. 'O infinito é apenas o que não posso explicar.'
    Disse tudo, adorei o texto. Seguindo :*

    ResponderExcluir
  3. quem já perdeu um sonho aqui?

    aa é tão estranho e tão incerto ;x

    ResponderExcluir
  4. "o destino é incerto, que a incerteza é o fato. E o infinito é apenas o que não posso explicar. "

    Tu disse tudo flor, o infinito é algo incerto demais aos nossos olhos!
    Adorei o texto, muito bom!

    Beijos

    ResponderExcluir
  5. "Pra onde correr? Será preciso fugir?"

    Como eu queria um lugar igual à esse, para ficar nos piores momentos de minha vida. Sempre sonho com isso: um refúgio especial, até mesmo mágico, que só eu conheça, sabe? Pena que fica só nos sonhos, e esse refúgio acaba virando o meu blog!
    E sobre o seu comentário, me identifiquei muito com ele, dizendo que a vontade de dizer algumas coisas para certas pessoas é grande, mas somos inca-pazes de machucá-las. Eu também sou assim, mas quando precisam, eu dou o troco de forma mais leve!

    ResponderExcluir
  6. Como eu queria ter o teu talento com as palavras! lindo, como sempre :)

    ResponderExcluir
  7. Todos queremos um lugarzinho assim, e no momento de incertezas nos abrigar lá, onde tudo seja ao nosso favor.

    "Que sinta-se acolhido por qualquer sentimento, que aceite o esquecimento. " amei.

    ResponderExcluir
  8. Amo as coisas que escreve! Fazem tanto sentido para mim! Obrigada pelo carinho! Enormes bjus**

    ResponderExcluir
  9. Acredita, minha querida. Parece que ficamos paralisados no tempo. Nos e o nosso coração. :x

    Muito Obrigada. :$

    ResponderExcluir
  10. gostei muito do post :)

    obrigada minha linda, passa no meu blog de fotografia :)

    ResponderExcluir
  11. O infinito é como o amor, não tem explicação.
    A gente sempre quer alcança-lo, mas muitas vezes não é possivel!
    Lindo texto! Beeijos :*

    ResponderExcluir
  12. Já morei num lugar mais ou menos assim, n era tão perfeito.. Tinha mosquito.. Mas foi um dos lugares q me deram mais paz. Saudades da minha vidinha de interior..

    ResponderExcluir
  13. obrigada pelas palavras, Daniela .
    lindo post !
    o infinito é muito gigantesto para nossas mentes reduzidas :)
    até ;*

    ResponderExcluir
  14. O Dani,
    Mais um belo texto.
    Tudo na vida passa..
    Te deixo uma frase que achei linda:
    Eu não tenho paredes só tenho horizontes.
    Esse é o infinito.

    Beijos

    ResponderExcluir
  15. E quando um sonho se vai, outro chega. Ainda que demore, ainda que a espera seja ardua.

    Sonhar de novo, construir e ir atras de novos ideais. É preciso.

    Beijo moça :*

    ResponderExcluir
  16. Adorei o post. Muito criativo :D

    bjs flor

    ResponderExcluir
  17. "Afinal, o que importa é o que existe aqui dentro, e isso é tão grande que perco a direção após o horizonte. Ao meu redor, as partículas de luz iluminam todo ambiente que perdeu a cor há tanto tempo, que perdeu a voz por um momento, e quis chorar, e quis sofrer, quis perder-se no infinito para nunca mais se encontrar"
    Muito bonito isso, e geralmente o mundo que inventamos - que é nosso - seria bem mais reconfortante né.
    Vou seguir aqui , beijos

    ResponderExcluir
  18. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  19. e se vc fugir fuja mesmo pro mundo em que vc criou que é todo bonito e expressivo principalmente nas palavras que vc consegue coloca-las totalmente em ordem.

    dani deixa eu tomar a liberdade e falar que é umas das pessoas que mais voam dos blogs que eu leio em palavras bonitas, vc foi umas das primeiras que visitou meu blog e está cmg até hj ,e eu adooro isso, por isso não se sinta assim, vc deve ser uma pessoa super especial.
    e se quiser fugir repito fuja pro mundo que vc criou.
    um bjão

    ResponderExcluir
  20. Realmente quando se tem imaginação, nada nos afeta.

    BeijooO*

    ResponderExcluir
  21. Acho que o infinito é sempre o que não conseguimos explicar. E a intensidade dos teus textos sempre me toca.

    =*

    ResponderExcluir
  22. Tempos em tempos temos a necessidade dos nos mudar, seja para a realidade ou para um mundo só nosso...
    adorei
    beijos

    ResponderExcluir
  23. As coisas só mudam se a mudança começar em nós primeiro. Adorei esse post. Faz a gente sonhar!!
    Beijoss

    ResponderExcluir
  24. viver na incerteza do infinito, são as inexplicações da vida !
    adorei o texto, lindo como sempre ...
    beijos, flor :*

    ResponderExcluir
  25. Lindo, lindo. Como sempre é. Como voc~e sempre faz com que seja. E que sua fuga te conduza a perder-se em lugares onde preferimos não ser encontradas. E que você, e apenas você, se encontre, tão intimamente e tão profundamente quando for possível nesse momento se encontrar.

    Vir aqui é um presente.

    ResponderExcluir
  26. Que o cinza do outono te traga cada vez mais pensamentos livres e coração aberto para nos remeter lindas palavras como esta que acabo de ler.

    :)

    ResponderExcluir
  27. Infinito e futuro estão tão longe do nosso alcance que, acredito, não seja necessário ser levado em conta, não enquanto estamos aqui, no agora. Vale a pena viver, um momento de cada vez :)

    ResponderExcluir
  28. Olá Daniela,
    Parabéns pelo belo texto! Sempre encanto-me com a sua "desenvoltura"!
    Abração,
    Flávio Nunes.

    ResponderExcluir
  29. O importante é viver em busca da resposta do que é o infinito , mesmo que nunca saibamos o que é , devemos correr atrás dele , sem medo de errar :)
    Texto incrível *-*
    Beijos :*

    ResponderExcluir
  30. pra onde quer que vá, a certeza de que não se pode fugir, apenas aceitar, como você disse, a incerteza do amanhã.
    mas ele é tão bonito, né?
    :*

    ResponderExcluir
  31. 'O infinito é apenas o que não posso explicar.' concordo *-*
    BEijão =*

    ResponderExcluir
  32. é incrivel como que quando estamos parados sem motivação, reclamamos muitíssimo...
    Aí quando chega a época em que nosso coração palpita mais que touro no rodeio nós nos sentimos cansados e queremos nos esconder..
    é incrivel!

    ResponderExcluir
  33. A mudança interior é a mais importante de todas e é sempre a mais visível, pois o exterior muda junto, infinito é mesmo inexplicável!!

    ResponderExcluir
  34. OI dani sdds dos seus textos intensos..
    Hoje tive um tmepinho e vim aqui.
    E eu to nesse tempo de mudança tbm, é necessarios em muitas etapas de nossas vidas!

    infelizmente ainda to sem net, mas no aguardo de voltar..
    bjo ;)

    ResponderExcluir
  35. Eu também quero isso.Um lugar BEM longe daqui :/
    Algo quue me faça mudar completamente.Que faça os meus sonhos voltarem com a mesma intensidade que foram criados e achar um novo amor para preencher o vazio no meu coração.
    -
    Saudades daqui :)

    ResponderExcluir