sábado, 8 de maio de 2010

Absoluto.

Eu ando por essa rua vazia, sem rumo, sem direção, lágrimas destroem minha força já esgotada e o esquecimento toma conta de mim. É engraçado como de repente tudo pode dar errado, o meu telefone toca e nenhuma voz é capaz de acalmar, melhor seria se eu fosse capaz de ouvir.
Mas o vento diz tudo, e os pensamentos se calam sem explicação, talvez o caminho que eu sigo me leve para algum lugar, talvez as músicas que eu ouço já não me façam chorar. Porque agora eu choro. Choro como num destino definitivo, uma vida tão certa que não nos dá vontade de viver. Mas vivo, pelo simples fato de existir, pela necessidade de continuar. Eu continuo, gostaria de ter ao meu lado a companhia daquela que invade os meus sonhos e abala minha alma. Isso é tão absoluto que me assusta a forma como teve acabar, um fim instantâneo, tão absoluto que se torna difícil acreditar, que ontem mesmo eu tinha tudo, e hoje nada pode me salvar.

53 comentários:

  1. Esta lindo Daniela, adorei de verdade :D
    Oh nada disso tu sim escreves palavras belissimas.

    ResponderExcluir
  2. menina, da onde você tira tanta inspiração? :o adoooro!

    ResponderExcluir
  3. Lindo mesmo *-*
    Às vezes as coisas acabam de uma maneira tão repentina que nos deixa nesse estado sem a mínima capacidade de entendimento ):
    me identifiquei bastante.

    Te seguindo, beijos ;*

    ResponderExcluir
  4. É horrível sentir-se assim, vivendo apenas por viver. Por obrigação de continuar. E, como sempre, muito lindo seu texto.

    ResponderExcluir
  5. Sempre Dani. Do mesmo modo delicado e profundo de mexer com a alma da gente. LINDO!

    ResponderExcluir
  6. "É engraçado como de repente tudo pode dar errado, o meu telefone toca e nenhuma voz é capaz de acalmar, melhor seria se eu fosse capaz de ouvir."

    simplesmente adorei!!!
    :D
    lindo post,
    beiijo
    *.*

    ResponderExcluir
  7. mesmo :$
    mas e pena e ser uma historia vinda da imaginação :$

    ResponderExcluir
  8. Que lindoo *-*
    adorei.
    mt boom mesmo.

    bjus =*

    ResponderExcluir
  9. as coisas podem mudar de uma outra pra outra, e talvez não pra melhor :~

    beijos :*

    ResponderExcluir
  10. Lindo e triste.
    Mas, pelo menos, se vive.

    :)
    E isso basta.

    ResponderExcluir
  11. Sua visão de mundo parece com a minha.
    Só parece em alguns pontos.
    E esses pontos me fazem sempre voltar aqui te ler.
    Como já disse: "você é só uma menina".

    Beijos com carinho.

    ResponderExcluir
  12. Muito legal o jeito como você se expressa e lida com as palavras. blog perfeito,achei tudo mt lindo aqui. parabéns! to seguindo.
    cada vez mais sucesso pra ti flor

    ResponderExcluir
  13. Continue, pois a redenção sempre nos alcança. E quando conseguir tocá-la de fato, conhecerás a renovação. Vida nova, outros lágrimas, outros motivos.
    Que saudade que sinto do que escreves.

    ResponderExcluir
  14. Alguma coisa poderá te salvar. Tenha certeza disso. Mas que demora, demora.

    ResponderExcluir
  15. Só te salvaria tê-lo de volta, não é?

    ;*

    ResponderExcluir
  16. "Mas vivo, pelo simples fato de existir, pela necessidade de continuar"

    às vezes sinto assim, sem eira, nem beira, condenado a uma existência sem volta, é vida,. e não importa como ela seja, ainda sim é vida.

    Beijo,

    Charlie B.

    ResponderExcluir
  17. Incrível como o que antes era tudo, torna-se o mais profundo nada num piscar de olhos.
    Mas não nos deixemos abater.
    Será sempre tudo em nós.
    Texto intenso. Adorei, como sempre!
    Beijos.

    ResponderExcluir
  18. Lindas palavras, as usa perfeitamente!
    Beijos amiga ♥ amouste

    ResponderExcluir
  19. adorei o seu blog, adorei o post, adorei a sua escrita.
    as vezes tudo pode estar dando certo e mudar, as vezes tudo pode parecer certo mas você sabe que falta algo. espero que tudo melhore.

    beijos

    ResponderExcluir
  20. Entendo, claro que entendo. As vezes parece que os fins perseguem-me, e esses fins me derrotam, pouco a pouco. Mas hoje sei dizer que o amor nos salva, ao menos nos dá mais vida por algum tempo.

    ResponderExcluir
  21. eei Dani .. tens razão , teatro sempre traz boas lembranças , comigo então : eu fico toda boba p. contar às pessoas tudo que acontece nos bastidores e nas peças que apresento! rsrs . amei seu post, bem profundo e , ao mesmo tempo, cotidiano, pelo menos pra mim . beeijos, fique com Deus ;*

    ResponderExcluir
  22. "que ontem mesmo eu tinha tudo, e hoje nada pode me salvar. "
    Dani esse foi pura emoção, lindo demais..

    boa semana, bjo ;)

    ResponderExcluir
  23. Nossa, que triste e devastador...
    bjs

    ResponderExcluir
  24. Adoro a maneira que descreve os fatos e sensações vividas…são palavras táteis e alteradoras de pulsação cardíaca.

    BeijooO'

    ResponderExcluir
  25. As vezes é melhor andar sozinha, chorar sozinha, sofrer sozinha.. eu me sinto melhor convivendo sozinha com meus sentimentos ruins, prefiro não envolver ninguem.
    mas as vezes isso é necessário!



    beijos querida, e nunca caminhe sozinha .. a não ser que realmente precise.

    ResponderExcluir
  26. Apenas tenho que dizer para recomeçar.
    Lindo texto, como sempre *-*

    xx

    ResponderExcluir
  27. De uns tempos pra cá,tenho um certo pavor de solidão,mas sempre acabo junto dela,rsrsrs
    Hoje vou fazer dois posts de uma vez,como um deles é pra agradecer uns selos que recebi e tenho que passar para pessoas especiais(apesar de saber que você não usa selos),você está entre elas.
    Bjos

    ResponderExcluir
  28. que bom que gostou Dani :D
    fique à vontade para voltar sempre!
    estou seguindo aqui lindona ;**

    ResponderExcluir
  29. Simplesmente perfeito Danii! Você escreve muito bem! *.*
    Beeijos :*

    ResponderExcluir
  30. Tão lindo! Vai ser difícil continuar sem o que antes te mantinha viva, mas todos somos fortes o bastante para suportar a simples tarefa de existir. =*

    ResponderExcluir
  31. me pego pensanod assim alguns tempos
    por isso me agarro em poucas coisas, acho que elas tentam me salvar.

    beijos

    ResponderExcluir
  32. "Mas vivo, pelo simples fato de existir, pela necessidade de continuar." Isso é o que eu chamo de sobreviver.

    Beijinhus
    Boa semana!

    ResponderExcluir
  33. Viver é arriscar-se!!

    Um dia tudo entra nos eixos!!!


    beijos flor

    ResponderExcluir
  34. ooun *-------------* , oow mulheer , tenha fé que ainda vc vai ter akele q invade seus sonhos ^^

    ResponderExcluir
  35. Continuar por somente existir, é uma quase morte, experimente coisas jamais sentidas.

    ResponderExcluir
  36. Vou escreve muito bem!
    Adorei tudo aqui!
    Tou seguindo


    Beijos, flor!

    ResponderExcluir
  37. Sabe, eu vejo um monte de pessoas falando que podemos viver sozinhos 'numa boa', mas eu acho isso completamente ERRADO.Pois precisamos de amor, precisamos de alguém para mexer no nosso cabelo, precisamos de um abrao quando nosso coração estiver apertado,precisamos rir sem motivo,precisamos AMAR.E sem amor não somos absolutamente nada,porque a vida fica vazia e as palavras são apenas palavras 'mentirosas' contida na nossa imaginação.AQUELA imaginação onde criamos a mais bela mentira de que tudo está perfeito quando a nossa vida parece uma bola de neve ~.
    -
    Belo texto :)

    Beeijos ><

    ResponderExcluir
  38. Eu acredito em destino, mas você pode tentar dar um empurrãozinho.

    Veja os sentimentos ruins como simples reações químicas ocorrendo em você.

    Me lembro de você. Procurei seu blog antigo por um tempo, você não deixou rastro.

    Beijo

    ResponderExcluir
  39. achei lindo e triste
    *-*

    abraço e feliz dia da ameixa que parece uva passa mas tem gosto de damasco . . . e ainda colocam isso como recheio d bolo de aniversario =/

    ResponderExcluir
  40. O fim é mais doloroso quando é absoluto. A gente sempre soube que um dia acabaria, mas evitamos pensar nisso e quando acontece, caímos. É triste a forma como encaramos isso, mas precisamos continuar.

    Beijos.

    ResponderExcluir
  41. a algum tempo aprendi que nas mãos temos a belesa de aneis com pedras brilhantes, reluzentes, e um dia todas elas se vão , e nos resta somente os dedos nus.
    sua beleza continuara, basta olhar com outros olhos.

    bjos

    ResponderExcluir
  42. aponta pra fé e rema
    acho que vale nessas horas de não mais saber o rumo.

    ResponderExcluir
  43. Sempre temos que continuar.
    Que palavras maravilhosas!
    Beijos ;*

    ResponderExcluir
  44. Eita moça...mandou muito bem...excelente!!

    []s

    ResponderExcluir
  45. As coisas mudam de uma hora pra outra mesmo! Mas assim como podem nos tirar algo tão bom, podem trazer uma agradável surpresa logo amanhã! :)

    Um beijo e obrigada pela visita, lindona!

    ResponderExcluir
  46. Estava com saudades da sua forma linda de escrever. :$

    ResponderExcluir
  47. acho incrível como a dor nos consome e nos faz pensar que nada vai ficar bem de novo só pra passar depois...
    beijos Dani!

    ResponderExcluir
  48. Oi *-*
    desculpa pela demora, tava sem tempo =/
    uuuuuuuuuuuuual, o texto tá lindo!

    volta lá?
    http://drykasales.blogspot.com/

    ResponderExcluir