sexta-feira, 16 de abril de 2010

Memorável. Parte VII

Eu quero lhe dizer que mesmo que as lágrimas já não molhem o meu rosto a dor que eu sinto é inestimável. Você se foi, o mundo tornou-se pequeno demais para nós dois. Por mero acaso toda uma vida aconteceu, renasceu das cinzas. E eu desejo à você muita paz e um futuro bem bonito, espero que encontre a felicidade que não fui capaz de lhe proporcionar.
Desejo que tenha ao seu lado um grande amor e diante de seus olhos uma bela paisagem. Desejo que viva o suficiente para jamais ser esquecido, e quero pedir-lhe que, por favor, não me esqueça, não definitivamente, não para sempre. Lembre-se de mim ao ver o céu crepuscular ou uma noite iluminada pela solidão do luar.
Agora estou prestes a partir, tenho uma estrada florida para me guiar. Já não estou sozinha, carrego comigo todas as estrelas do mundo, para jamais viver no escuro. Vou acreditar mais uma vez nesses sonhos, nessa abstinência de morte. Quero somente ter, por toda alegria, um pouco de paz. Não mudaria o destino que nos separa se pudesse, nem faria da minha existência uma prece, só espero encontrar - em um rosto sincero - um olhar brilhante que me mostre a infinita grandiosidade do sentimento, só espero encontrar um sorriso que me acompanhe, que não me faça lembrar do teu rosto a todo instante. Quero entregar ao mundo toda essa loucura insaciada.
Encontrarei o momento certo para respirar, onde tudo possa recomeçar. E se a solidão vier me visitar, a receberei com um grande sorriso no rosto, só para lhe provar, que mesmo que eu sofra posso vencer, simplesmente pela vontade, pelo querer.
E então lhe digo, que no vazio do meu peito você já não será preenchimento, não poderia esperar - por mais que eu queira - seu tempo pela vida inteira. Adeus. Não espere que um dia eu vá lhe buscar, como há pouco eu tanto quis. Nem pense que eu vou lhe abraçar quando se sentir só. Eu não posso deixar o sentimento se reanimar, eu não seria capaz de matá-lo mais uma vez, não suportaria. Então, adeus. Definitivo até que nossos caminhos voltem a se cruzar. Não me queira mal, não me esqueça totalmente. Eu acredito na lembrança boa de ti e sei que sempre me acompanharás.
Aonde quer que eu vá.

40 comentários:

  1. E esses dois se cruzarão dias depois e o amor reacenderá e eles chorarão emocionados...
    E se amarão infinitamente até o último pulsar da paixão que neles habitam.

    Linda essa saga, Daniela.
    Beijo.

    ResponderExcluir
  2. Você escreve tão bem Dani, caraba ): Que dom é esse? Queria saber escrever assim! Alias, quero mais e mais. Quantas partes são no total?

    Espero que tenha um fim bonito e menos triste do que toda a historia. Amando xx

    ResponderExcluir
  3. meu deus, da onde você tira tanta criatividade? parabéns :)

    ResponderExcluir
  4. Imagino aqui de onde vc tira a criatividade (
    Oh!!!)
    Belas palavras!
    (sei que as histórias estão no mundo...).
    Beijos!
    Inês.

    ResponderExcluir
  5. Tem vezes que o melhor mesmo é cada um seguir o seu caminho, ou como diria o Xis: sei lá de repente...

    ResponderExcluir
  6. essa história é tãaaao linda!
    -
    Arrepia os pelos só de ler essas palavras sábias e belas *___*

    -
    Beeeeijinhos.

    ResponderExcluir
  7. incrível o número de talentos literários que encontramos na internet
    hauhauhauahuahauhauaha
    muito bom
    abraços libertários

    ResponderExcluir
  8. Essa história é tão perfeita *-*
    tô adorando lê-la,
    vc escreve muito bem.

    bjus =*

    ResponderExcluir
  9. Anseio pela continuação! Palavras tão doces que envolveram-me totalmente em tua história.

    ResponderExcluir
  10. Tô só esperando a continuação *-*
    Ai ai ai!
    kkkkkkkkk


    Beijos linda!!!

    ResponderExcluir
  11. "Levo você no olhar." ♫♪

    O bacana é que sempre que leio teus textos eu vou viajando, indo longe, dentro das minhas próprias lembranças guiada por tuas palavras.

    :)

    ResponderExcluir
  12. Já passou da hora de vc escrever um livro flor, escreve bem demais vc!

    Aguardo a continuação!

    Lindo , lindo!

    bjo

    ResponderExcluir
  13. é o ultimo? Oo
    Por favor continue escritora, rsrs!
    Ficou maravilhoso amiga, ;D
    Estou aqui com um certo atraso, mas estou; entao creio que isso ja é o bastante. Meus beijos
    amovoce ♥

    ResponderExcluir
  14. é o último? O.o [2] rsrs.
    Mas se for virão mais não é? Sao ótimooos :D

    ResponderExcluir
  15. 'Você se foi, o mundo tornou-se pequeno demais para nós dois. '

    De uma certa maneira, você me lembra Sthepenie Meyer, haha ;

    - beijos, garota das palavras mais lindas *-*

    ResponderExcluir
  16. O melhor de tudo é quando leio-te posso sair em fração de segundos aqui do RJ e me encontrar aí perto de ti, no Matogrosso.

    Sensacional.

    que a sua estrada esteja sempre florida a te guiar.

    Luz. Suceso, querida!


    Forte abraço.

    ResponderExcluir
  17. Dani eu acabei de ler todos os memoráveis, menina que coisa é essa?
    Linda demais, me emocionou e como sempre suas palavras tão doces... Parabens, mesmo com um final melancolico eu adorei!

    bjos ;)

    ResponderExcluir
  18. Ual >.<

    sensacional . Ta ficandoo mt mt lindo .

    ResponderExcluir
  19. Me emocionou muito,suas palavras são tão belas...
    Beijos.

    ResponderExcluir
  20. Parece que você falou por mim mais uma vez.
    Sei bem como é dizer adeus, mas torcer em seu interior para a pessoa não esquecer de você.
    Adorei o texto, também me emocionou muito.
    Beijoos!

    ResponderExcluir
  21. Tão lindo... Mas chega uma hora em que cada um precisa seguir seu caminho, esquecendo o suficiente pra não voltar a amar e sofrer, mas lembrando o suficiente pra ver que valeu. E viver.

    ResponderExcluir
  22. Já cansei de falar que você escreve o que eu não consigo exteriorizar. Eu me identifico muito com os seus textos.
    Amei, amei, amei.

    ResponderExcluir
  23. Que texto triste, as vezes é difícil dizer Adeus, mais as vezes é o melhor que se tem a fazer.. adorei o texto
    BeeijOs e boa semana.
    Giiih
    @dropdeadgih.

    ResponderExcluir
  24. Que lindooo esse texto!!!
    Essa é melhor parte do fim do relacionamento, é quando a pessoa finalmente aceita dizer "adeus", sou muito suspeita para falar porque nunca me apaixonei!!!

    ResponderExcluir
  25. droga...
    é cedo ou tarde demais..pra dizer adeus
    pra dizer....

    fim.
    mas tm continuação *-*


    enfim
    ótima semana com feriado.
    tiradentes...jesus...
    são todos parecidos.
    ainda bem que um morreu d roupa pra saber diferenciar *-*
    abraços e feliz dia do banco de onibus sem almofada...
    pq viajar sentado é coisa pra poucos.. [momento protesto~]

    ResponderExcluir
  26. sério, que coisa mais linda do mundo são esses posts? *-* eu leio com os olhinhos brilhando UAHSUAHSUAHU. "só espero encontrar - em um rosto sincero - um olhar brilhante que me mostre a infinita grandiosidade do sentimento" morri, beeijo *-*

    ResponderExcluir
  27. 'Encontrarei o momento certo para respirar, onde tudo possa recomeçar.'
    maravilhosos como sempre, sempre!

    ResponderExcluir
  28. "não poderia esperar - por mais que eu queira - seu tempo pela vida inteira."
    Eu espero que eu também não possa esperar...
    Simplesmente lindo.
    Parabéns!
    Beijos ;*

    ResponderExcluir
  29. Eu se fosse você,mandava um e-mail pra algumas editoras com um link para seu blog,pra eles darem uma lida,o pior que pode acontecer é não responderem,o melhor é conseguir ter seus textos publicados por alguma editora(e nem precisa ser daquelas super).O mais dificil você ja tem:o talento e criatividade,sem contar o número de seguidores,o que agrega prestigio ao seu trabalho.
    Se der certo,pode ser uma boa refêrencia se quiser seguir carreira literária.

    ResponderExcluir
  30. seu post me lembrou uma música.
    muito bom. gostei.

    ResponderExcluir
  31. QUE TEXTO MAIS LINDO E TRISTE, meu deus! :O
    eu estava passando por isso até uns dias atrás, por sorte não precisei dizer essas palavras.

    lindo aqui, beijos :*

    ResponderExcluir
  32. Por favor. Continua...
    Só assim meu coração sossega

    ResponderExcluir
  33. Dani cada vez melhor, ta mto liiindo *-

    ResponderExcluir
  34. Dani, demorei tanto pra encontrar teu blog de novo. Fiquei boba com esse texto, lindo apesar de triste. Um beijo e adoro teu blog!

    ResponderExcluir
  35. "Não peça para escolher
    Quando se sabe a resposta".

    Beijos.

    ResponderExcluir
  36. escreves bem :$
    lindo:$
    estou a seguir :)

    ResponderExcluir
  37. Muito boa as palavras...
    Boa semana!
    Beijos

    ResponderExcluir
  38. Olá Daniela! Esta semana estou divulgando uma “nova” postagem. Trata-se de um conto; que na verdade vem a ser uma reedição de meu blog. Sua postagem original ocorreu em 13.02.09; sendo esta a minha terceira postagem no blog. Naquela ocasião este texto não recebeu nenhum comentário. O texto é “O Sr. e o Dr.”. Espero que você, tendo um tempinho, o aprecie.
    Um grande abraço, minha gratidão antecipada!

    Jefhcardoso do http://jefhcardoso.blogspot.com

    ResponderExcluir