sábado, 10 de abril de 2010

Memorável. Parte V

E vai voltando tranquilamente, como se nunca houvesse partido. Deixando toda aquela história pra trás, como se o mundo ainda estivesse ali, unindo-os pela coincidência e distanciando-os simplesmente juntos não poderiam permanecer. Encontraram-se e perderam-se.
Sem por quê, sem uma única razãoque possa lhe consolar, deixa seus medos por pensar que já venceu o mundo, e esquece que o que mais lhe importa sequer pensa em lhe pertencer. Esquece que o que mais lhe machuca é o que jamais seria capaz de enfrentar ou destruir.
Rejeição.
Palavras cheias de magoa saiam de sua boca sem sua autorização, queria calar, fingir que não se importava, que havia passado. E não passou, nem passará. Queria acreditar no impossível, mas cansou de buscar o inalcançavel.
Mas ainda assim lutava, fugia daquilo todas as noites, ocupando a mente com milhares de outros fatos e quando por fim parava, chegava o desespero. Outra vez essa sensação que já não é vazia, mas que é tão preenchida que chega a machucar por dentro.
"Como é possível um coração tão pequeno carregar tanto sentimento?" Se perguntou e soube então que a resposta não existia, então calou o pensamento não gostava de perguntas sem respostas pois buscava-as sem limites, sentia-as como pancadas e não conseguia parar.
Assim cessou sua voz e seu grito interno enlouqueceu o mundo, sua vida hesitou em continuar e então quis o pôr-do-sol num crepúsculo doce como tudo o que já não existia. Estranhou-se ao perceber que pela primeira vez esperava a noite, anciava sua falta de brilho e cor.
Talvez porque agora se conhecia tanto que diria - de olhos fechados - todas as cores que antes não existiam e que depois não existirão. Morreriam, caladas na noite fosca de poesia intocada, não pronunciada. Perderiam-se entre tantos pontos antes brilhantes que foram perdendo o brilho até apagar, cansando-se de todo e qualquer motivo. Decidiu... Por uma razão ou outra, não poderia continuar só, ou largava tudo e corria para lhe alcançar ou definitivamente cessava sua vida já incompleta, querendo ou não já não poderia suportar.

35 comentários:

  1. foi escrito com todo o meu coração. com todo o sentimento. muito obrigada pelo teu comentário e dedicação.
    adoro o que escreves, a intensidade com que o fazes é incrivel. continua :)

    ResponderExcluir
  2. é disso que eu ando sempre à procura ;)

    ResponderExcluir
  3. eu gostei. :)
    boas cores o seu layout... gostei.

    ResponderExcluir
  4. Nosssa,eu li o primeiro capítulo dessa história e achei tãaaao comovente *_*
    AAAAH,é tão ruim sofrer por amor, dói lá no fundo da alma.Mas temos que levantar a cabeça, e acreditar que tudo vai ficar bem!!!!!!!! :)



    beeeijinhos doces <3

    ResponderExcluir
  5. gostei da continuação... e gostei das fotos também :D

    ResponderExcluir
  6. Adorei *-*
    vai ter mais alguma continuação?

    bjus =*

    ResponderExcluir
  7. Me matando cada vez mais com esse conto D: Vai ter continuação?
    Sobre o titulo do conto la no meu blog. Ele é sim do Dulce amargo *-* Até na primeira parte eu cometei que tinha tirado do dulce amargo KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK Minha paixão! Você é dulcete? XX

    ResponderExcluir
  8. O amor sem respostas e intenso em sua essência pesa no peito de modo quase mortal.
    A saída é se render e morrer de amar.

    Beijo.

    ResponderExcluir
  9. Amiga! Como eu lhe disse .. Sem palavras pra tudo que você expressa pra todos que aqui, sentem um pouco dessas tuas palavras! E eu sou suspeita pra falar, né? rs. Mas saiba que dentre todas essas coisas que lhe abitam e acontecem .. Sei que tua força te alimenta! Te amo Dani, um beijão. Você é linda! Zana ;*

    ResponderExcluir
  10. Lindas, lindas palavras.

    Sinceramente, cada curva ortográfica me lembrou de mim numa fase da minha vida, que deixou seus resquícios.

    Diz a essa menina, que preencher espaços não é ocupar o vazio e que gostar da noite não precisa ser triste. "À noite é quando os sonhos acontecem"

    Sobre os olhos blindados, todos os tem, o problema é que alguns cegam e outros enxergam demais.

    Obrigada pela visita, menina. :*

    ResponderExcluir
  11. Agora com mais tempo que durante a semana pude ler atentamente a cada parte deste conto e encantei-me com tanta poesia transcrita em tuas palavras. O quão bom é apaixonar-se e o quão ruim é precisar acabar com todo este amor, parece que a dor não para nunca, que a ferida deixará cicatrizes para sempre em nossos corações e que o sol nunca voltará a brilhar. Mas uma vez eu repito, seu conto está lindo. Beijos guria!

    ResponderExcluir
  12. Aah mais que inspiraçao eem amiga? rsrs
    Ta lindo, meus beijoos ♥

    ResponderExcluir
  13. como podemos saber do tamanho do coração de alguém?
    nós vivemos muito, o coração tem qe ter tamanho suficiente p carregar os mais enumerados sentimentos...
    e por pessoas diferentes..
    putz...
    êta bicho que sofre, nunca vi igual...
    esse tal de coração..

    :S

    ResponderExcluir
  14. Continuação impécavel, linda, linda! ^^
    tô só acompanhado! haha


    bjus!!!!

    ResponderExcluir
  15. Jefhcardoso do bom http://jefhcardoso.blogspot.com.

    Í... parece que já me perdi. É sempre assim. Eu saí do meu blog para chamar uma galera para dar uma olhada, e acabei vendo coisa interessante demais, gente interessante demais; acabei dando uma parada, uma lida... acabei mais uma vez perdido na andança por onde os caminhos nos arrastam. Mas é bom. É muito bom.
    Eu vim para falar do meu O Cavaleiro da Triste Figura, e acabei encontrando este lugar. Que lugar!

    ResponderExcluir
  16. vim dizer que a sua foto do avatar nova também é linda.

    bjs

    ResponderExcluir
  17. Que texto incrível! Me apaixonei por ele.. se parece comigo *-*

    ResponderExcluir
  18. ''Decidiu... Por uma razão ou outra, não poderia continuar só, ou largava tudo e corria para lhe alcançar ou definitivamente cessava sua vida já incompleta, querendo ou não já não poderia suportar. ''
    -Às vezes a necessidade de realizar alguma coisa é tão grande que quase nos vemos sem saída. Mas sempre há uma saída, não exatamente o fim. Talvez o desejo do fim possa ser substituído pela vontade incessante de lutar pelo que se quer. ;)
    Amei o texto!
    Beijos, florzinha!

    ResponderExcluir
  19. Ver-se sozinha dói, arde e queima. Nos perguntamos porque e como fomos acabar assim. A felicidade é rápida demais. Enquanto estamos sorrindo, soltando bolões pelos parques não notamos o quão rápido esses balões vão alcaçar o céu e nunca mais voltar. E pior, levar com eles nossos sorrisos.
    Incrível a sintonia! Vejo-me em cada palavra que escreves.

    ResponderExcluir
  20. Estou adorando a história, é bem comovente!


    bjo

    ResponderExcluir
  21. Cehgou um momento tenso da historia!

    ResponderExcluir
  22. "é só o amor...é só amor que conhece o queé verdade"



    Senão soubérmos o tempo exato de agarrar a felicidade, vamos envelhecer sem ter nenhuma saudade de algo bom.


    Adoreeeeeeeei!

    ResponderExcluir
  23. sei bem como é isso, fica tudo fosco, sem graça, realmente falta uma parte, incompleto.

    ResponderExcluir
  24. "Assim cessou sua voz e seu grito interno enlouqueceu o mundo, sua vida hesitou em continuar e então quis o pôr-do-sol"

    Essa é a hora do dia que mais gosto. O texto está muito bom, continua?

    ResponderExcluir
  25. um dia eu ouvi: “você precisa aprender a se proteger…” e esta frase pode ter tantos significados, mas a gente tem que tentar entender a sutil diferença entre se proteger, se defender e se esconder…

    BeijooO'

    ResponderExcluir
  26. Sentimentos deliciosos de se imaginar.
    adoro !

    seus textos cada dia um melhor que o outro flor,
    bom inicio de semana ! kiss.

    "o escondido"
    http://encabuladas.blogspot.com

    ResponderExcluir
  27. Seu blog é muito bom. Minha primeira vez aqui. Gostei, você escreve muito bem e demais. Vou te seguir aqui. Fiquei viciada, bjus

    ResponderExcluir
  28. Dani essa é a parte mais bonita ?
    de onde vc anda tirando tanto sentimento assim hein ?
    beeijos *-*

    ResponderExcluir
  29. Belo template e ótima idéia de fazer em capitulos.

    ResponderExcluir
  30. Vim aqui rapidinho, agradecer o comentário. :D E sim eu choro, muuuito, hehe. É bom!

    E volto para ler com calma seus memoráveis :D Beijos!

    ResponderExcluir
  31. Eu tbm quero muito um *-*
    Lindo texto *-* assim como os outros.. espero para ler o prox (:
    BeeeeiJOs
    Giiih
    @dropdeadgih

    ResponderExcluir
  32. Ta bonito, bem poético, mas...
    eu tinha que ter lido os anteriores?
    hauhau
    bjs

    ResponderExcluir
  33. ótima continuação
    dando caminhos que não dão na cara o q pode acontecer.
    e etc...
    .
    .
    éé a pascoa se foi
    se ve q pornografia é a pascoa ?
    ovos....cenoura...
    uii.

    ótima terça
    e me diz uma coisa.
    pq a lotofácil só é dificil pra mim ??...
    ¬¬

    abraçoo

    ResponderExcluir