quarta-feira, 7 de abril de 2010

Memorável. Parte II

Soube então que nunca o deixaria. Jamais seria capaz de abandoná-lo e isso não lhe parecia ruim no início, e não era. Suas palavras chegaram, inesperadas, depois de anos procurando-as sem encontrá-las. Seria capaz de mover o mundo, tamanha era a alegria que sentiu. Mas uma sensação misteriosa, quieta... E então do nada se remexia, e como era demasiado grande bagunçava tudo ao seu redor, e foi assim que todas as suas certezas tornaram-se confusão.
E naquele primeiro momento, disse-lhe que lhe buscaria, sem saber onde estava ou quanto precisaria andar para lhe tocar. Buscaria simplesmente, E o seu erro foi acreditar que o que ele dizia era real, e então ele lhe disse que era para sempre.
Aquela menina era só ternura, e era só uma menina grande de olhos castanhos e traços corretos, tinha as mãos frias e o coração cheio de sonhos a alcançar. Tudo aquilo o encantava, até sua maneira de sorrir demasiado, era o seu oposto.
Criou-se uma promessa: não esqueceriam!
Dita inconsequentemente, tão intenso que os seus olhos não queriam render-se ao sono quando por fim deitou-se em sua cama fria.
E pensava nele o tempo todo, nos intervalos do piscar de olhos... Imaginava sua voz e então sorria inocentemente para sua verdade inventada: ele não esqueceria e tampouco ela, e juntos estariam, até mesmo quando a distância os separasse, juntos permaneceriam.

16 comentários:

  1. A distancia só serve para potencializar os sentimentos.
    O amor aumenta!

    ResponderExcluir
  2. Ai que lindo. Eu acabei de ler e fiquei um ano olhando a ultima frase com cara de choro.
    Amei de verdade. meu preferido !
    lindo, nem sei mais o que falar !

    ResponderExcluir
  3. "E pensava nele o tempo todo, nos intervalos do piscar de olhos"

    Ando fazendo isso, pensando ao leve piscar de olhos, como se soubesse que logo estarei perto de quem amo de novo!

    Charlie B.

    ResponderExcluir
  4. Perfeito!*-*
    Adorei! Aliás, adoro a sua escrita!
    Beijos, flor!

    ResponderExcluir
  5. Que coisa mais perfeita, você é a dose certa para textos românticos, há *--*'
    Parabéns, você escreve muito :D'

    ResponderExcluir
  6. muito bom amigaa :)
    esta parecendo qe vem uma ilusao por aí


    bjoos

    ResponderExcluir
  7. To seguindo seu blog ;D
    Lindo aqui *-*
    beijos

    ResponderExcluir
  8. "E pensava nele o tempo todo, nos intervalos do piscar de olhos" [2]
    que lindo, eu me exergo um pouco nesse ato.
    lindo como sempre!
    bj, flor.

    ResponderExcluir
  9. Aah porque sera que isso me lembra tanto alguns dias atras? ;D

    Esta lindo amor, continua me avisando, sempre venho quando posso ♥

    ResponderExcluir
  10. Ah, adorei a segunda parte...
    Essas promessas, ditas no ímpeto da emoção, raramente são cumpridas, não é mesmo?
    Mas é bonito na hora, de se admirar a cena.
    Beijo.

    ResponderExcluir
  11. Será que tem uma 3ª parte?... Olha que dá pra continuar essa bela história...

    ResponderExcluir
  12. O que dói e a volta para casa e encontrar de frente o vazio da sua falta.


    Beijos menina.

    ResponderExcluir
  13. Ela tinha sentimentos, era sensível, amável, esperta !

    adorei teu cantinho flor, não sairei mais daqui pode apostar.
    beeijos!

    ResponderExcluir