quinta-feira, 1 de abril de 2010

Infindável

Ela se dizia complicada, incompreendida, ele dizia que sempre entendeu cada pedaço do seu ser. E o mais difícil é que isso realmente era verdade, ele não mentia, ela não mentia. Eram feitos de matérias opostas, qualidades e defeitos opostos, e se encontravam todas as noites, só para trocar algumas palavras.
Ele a amava por anos, ela por muito tempo sequer pensou nele, ele sabe pois ela não mente. Ele é amante de filosofia e ela não encontra sentido se não nas palavras que lê e escreve. Perdem horas sem razão, muitas vezes olham o céu, sem um assunto específico, sem uma razão que jusfitique os atos.
Ela estava perdida em sua confusão, seu mundo oculto, escondida e encolhida em um canto. Ele sabia exatamente o que queria, o que amava e pelo que lutaria. Ela se sentia culpada e nada fazia, não o expulsava pois sabia que sentiria sua falta, sua ausência seria preenchida por horas vazias e isso não lhe bastava. Ele sorria e vez ou outra chorava, olhava nos olhos e ali estava tudo o que ele já havia lhe dito, ela entendia e nada fazia para mudar.
Por que seria injustiça iludir um ser que faz de tudo para sobreviver, um ser que guardou em seu interior um amor ilimitado, incontrolado. E ela pensava naquilo todos os dias, e não encontrava sequer um vestígio do que falar, perdia-se em seus pensamentos e quando via já não pensava em nada se não no oposto que lhe maltratava.
E disso tudo ele sabia, por que não gostavam de mentiras. Então a sinceridade era tanta que por muitas vezes seu olhar tornava-se incompreendido e esses momentos eram como punhais de ferro em seu rosto pálido. Machucar ele também lhe machucava, mas isso não a impedia de continuar. Às vezes fitava a rua ou o céu enquanto esperava ele chegar, a chave gelada entre os dedos que lutavam para manter o calor e então desistiam e ele chegava. Sempre as mesmas palavras de formas diferentes, sempre o mesmo sentimento ignorado.
É como buscar o paraíso e nunca encontrar, então um dia perde-se tudo e descobre-se que o paraíso não existe, e então a vida se torna tão escura que somente um novo dia poderia fazer-lhe recomeçar.

18 comentários:

  1. Passei na maior correria´

    Ta lindo o blog!

    Feliz Pascoa
    Trouxe um bombom recheado de carinho para você! Feliz Páscoa! Beijão

    ..___ ........ ,-."'""-. ....... ___
    . \....."-. .. /............\ . ,-"...../
    ... >..-=.\/....BOM....\/.=-..<
    ... >..-='/\....BOM...../\'=-. <
    . /__..-´.. \............./.. `-.__\
    ...................'-........-'

    ResponderExcluir
  2. Às vezes isso passa a ser um circulo vicioso. Um alguém que pode se machucar e o outro alguém pode se arrepender depois que deixar passar.

    ResponderExcluir
  3. seus textos são tão lindos...

    ResponderExcluir
  4. Ah Dani tão verdadeiro!!!

    Flor, feliz Páscoa!!

    Beijocassssss

    ResponderExcluir
  5. Nossa texto lindo flor, como sempre.
    Parabéns, escreve muito bem.
    Besote

    ResponderExcluir
  6. Adorei seu texto! *-* Nossa, você descreve como ninguém cada sensação, e com uma peculiaridade incrível as características dos seus personagens! Parabéns, flor! Amei seu blog!
    Seguiindo ;)

    ResponderExcluir
  7. A noite cai, as lágrimas também.
    O dia vem, e a força para seguir adiante também.

    Beijo.

    ResponderExcluir
  8. Primeira vez minha aqui no teu blog e devo-te dizer que gostei muito. Parabéns. (:
    Ainda bem que a sinceridade prevaleu, apesar de a menina não saber o que realmente sentia, pois o amor sempre está de vigia, esperando um só barulho para se acordar em nós.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  9. Esplendidérrimo, nossa Daniela, muito bom mesmo!

    ResponderExcluir
  10. A realidade entre as palavras me fez lembrar de um amigo e uma menina de olhos esverdiados pela manha... Gostei, meus beijoos ♥

    ResponderExcluir
  11. Nossa, que lindo... e triste :(


    -
    Amo seus textos,são tão profundos e pessoais.


    =
    Beeijinhos,continue escrevendo assim :)

    ResponderExcluir
  12. seus textos são tao lindo, tão apaixonantes *_*

    ResponderExcluir
  13. Pessoas opostas e uma sinceridade sem igual. Quem sabe, o sentimento dele vire recíproco, com a mesma intensidade, não é?
    E falando do meu texto, pois é, o escritor/poeta as vezes perde-se num mundo inventado, mas é obrigado a viver o mundo real, como ele é. É um grande desafio.

    ResponderExcluir
  14. Táaa lindooo!!!! *_*
    Vc escreve coisas lindas!

    Beijão!

    ResponderExcluir
  15. Avida nao é feitas só de momentos e pensamentos bons! Mais um texto belo.

    Feliz Pascoa querida, beijos!

    ResponderExcluir
  16. muito lindo texto!

    Boa Pascoa muito chocolate super
    Beijooo ;**

    ResponderExcluir
  17. Sempre melhor um dia após o outro, mesmo que seja para recomeçar. Não sou tão a favor de recomeços, gosto de começos, mas quando queremos prosseguir, é sempre bom recomeçar. Paradoxo, rs.

    Beijos.

    ResponderExcluir