segunda-feira, 22 de fevereiro de 2010

All good things - come to an end.

"Mais um amanhecer sem Sol, assim como o meu coração, que não canta sua felicidade habitual. Por quê desta vez não canta, nem dor nem alegria. Simplesmente calou-se, deixando o mundo silencioso à sua volta...
Um arrepio em minha pele me faz lembrar que não sou invencível, meu ser destrutivel baixou as defesas, desarmou-se. E agora o tempo parou, me diga por quê fico imóvel, quieta. Me fale dessa dor que me assombra, que congela o sangue em minhas veias, o frio da alma chega ao seu limite, assim como a dor emocional ali sentida, dor que tornou-se física à partir do momento em que pude sentir o peito ferido, vazio.
Sem que eu autorizasse, meus olhos se abriram e as imagens doces e cruéis de meus sonhos se desmancharam. Qualquer lembrança me deixaria feliz, porém, vivo uma realidade sem memórias. A simbólica dor de amar não existe, não pode existir, não sinto a ternura que o amor traz, não sinto nada exceto o céu branco-borbulhante sobre mim. Desvio meus pensamentos outra vez do meu desamor fatal, desvio a atenção da vida e do mundo, me transformo intocável, me protejo. Pois não tenho seus braços e não quero pensar nessa cruel ausência.
Carrego em meu nome todas as cores do mundo e por onde passo sugo a esperança dos fracos de coração, incapazes de se jogarem com coragem em um desafio. Desafio que não pedirá nada além de força. E a força é quebrável e disso ninguém se lembra. A cidade dorme, o vento fraco despenteia meus cabelos já irregulares. Não vejo a luz, mas sei que ela está ali, como num sonho, eterno e doce. Doce como vinho, e mais uma vez minhas lembranças inventadas.
O frio não existe, existe somente a ausência de calor. Como em um abraço esperado, inesperado, prolongado, onde não se solta, não se perde. Distrai a dor, dispersa o sofrimento, arranca do peito, bloqueia o próprio batimento."

27 comentários:

  1. Minha parte favorita: "Distrai a dor, dispersa o sofrimento, arranca do peito, bloqueia o próprio batimento."

    Mais esta triste as palavras mesmo havendo tanto do que se sentir, tanto do que se aprofundar, estao tristes, mais conjulgadas em um texto lindo e uma gramatica impecavel.

    ResponderExcluir
  2. *-----------*
    adoro ler suas palavras amiiga :)
    mas akela parte do começo, foi de arrepiar...


    amoovc

    ResponderExcluir
  3. Ninguém é invencível, todos temos um ponto fraco e cada um tem seu dia. O melhor de tudo é que os dias ruins passam...

    ResponderExcluir
  4. "O frio não existe, existe somente a ausência de calor." gaamei.
    tá, demorou um pouco pra eu voltar, mas não tanto né USHUASHUAHSUASHA.
    beeijo

    ResponderExcluir
  5. "Mais uma amanhecer sem Sol, assim como o meu coração, que não canta sua felicidade habitual. Por quê desta vez não canta, nem dor nem alegria. Simplesmente calou-se, deixando o mundo silencioso à sua volta..."

    nossa, que profundo *-* adorei...

    ResponderExcluir
  6. e tudo pela falta de um abraço, um calor humano. SIMPLESMENTE MARAVILHOSO *-*

    ResponderExcluir
  7. O coração é meu maiorn ponto fraco, amar de mais logo sofrer de mais.
    Muitas das vezes só rpecisamso de um abraço verdadero, mais muitas das vezes não se tem a quem te abraçe.
    então terá o momento de se calar, ficar imovel, chorar, depoisque descarregar o peito erguer-se e seguir enfrente, o coração aos pouco vai se curando.

    Beijos

    ResponderExcluir
  8. Dani,
    "O importante não é vencer todos os dias, mas conquistar sempre.
    Beijo

    ResponderExcluir
  9. Muito legal o seu blog.
    Vou seguir.
    Valeu pelo comentário.
    :)

    ResponderExcluir
  10. Não somos invencíveis... não sou!
    O frio não existe... mas sinto falta do calor!


    Lindo post.
    Gostei do blog... te visitarei mais vezes!


    Um abraço

    ResponderExcluir
  11. ah que lindo Dany, já falei né que esse tempo sem te ver por aqui parece que vc escreve bem melhor, não sei está bem diferente bem mais bonito ~
    esse seu texto é super romântico e lindo !
    ainda bem que eu te achei por aqui, e vou vim aqui te encher lendo seus textos e deixando um comentário a mais pra vc responder :)
    um beeijo :]

    ResponderExcluir
  12. Que lindo!
    O importante é a gente não se entregar e a cada dia provar pra nos mesmos que nao somos invenciveis! ;)

    ResponderExcluir
  13. "E a força é quebrável e disso ninguém se lembra."

    Garota, suas palavras me encantam, sempre que venho aqui. São profundas e fascinantes, são tão sutis e delicadas, tratam de coisas doloridas de uma forma elegante. Meus parabéns, mais uma vez.

    ResponderExcluir
  14. Gostei dos constrastes! deu um sentimento forte

    ResponderExcluir
  15. Nada é estático, tudo é movimento. A penumbra cinza que vemos ao acordar, igual ao que sentimos no término de uma meditação, as vezes é aterradora as vezes é enigmática. Não lembramos mas pensamos, tentamos lembrar dos momentos ocorridos a pouco, perguntamos em voz alta: "O que sonhei".
    O mundo é louco.
    O mundo é severo.
    Mas se escalarmos todos os sentimentos veremos o sol mais de perto.

    ResponderExcluir
  16. 'O frio não existe, existe somente a ausência de calor.'

    caramba...
    tuas palavras são tão...tão...

    *-*

    ResponderExcluir
  17. Carrego em meu nome todas as cores do mundo . vc é explendida1
    me desculpe estava ausente pq tava viajando 2 beijos sou sua fa ta?

    ResponderExcluir
  18. " Qualquer lembrança me deixaria feliz, porém, vivo uma realidade sem memórias. "

    Começar a amar é tão simples, mas deixar ele morrer, é tristeza sem nome. Amor demora a se desprender. beijo,

    Charlie B.

    ResponderExcluir
  19. belas palavras as suas, muito sentimento nelas! Parabens.

    ResponderExcluir
  20. Tu escreves de modo tão poético e sensível.
    Muito belas as palavras, e sofridas também.

    Um abraço.

    ResponderExcluir
  21. "...Felicidade efêmera
    Dor também
    Só a saudade dura".

    Beijos menina linda.

    ResponderExcluir
  22. Adoro o modo como tu escreves. É tão doce e marcante ao mesmo tempo.

    ResponderExcluir
  23. Lindo,lindo,lindo :D




    Beeijinhos,flor.

    ResponderExcluir