quinta-feira, 21 de janeiro de 2010

Uma Lua que perdeu seu planeta

Eu estou sendo acalmada pelo sussurro da sua voz, pela sua respiração no meu pescoço. Por que eu posso sentir, mesmo que não esteja perto o suficiente pra lhe tocar lhe sinto comigo, você havia dito... "Nunca vou lhe deixar!" Fui tola em acreditar, esqueci de que o pra sempre acaba. Talvez eu soubesse que iria sofrer, mas não quis pensar nisso, pensar no futuro que hoje é o presente. E hoje estou aqui, tentando reviver uma felicidade que se dissipou no momento em que você partiu. Agora eu quero levantar meus olhos e ver o Sol, sei que você não irá voltar, ainda consigo ter esperanças de um dia acordar e estar ao seu lado. Mas simplesmente desisti de você, desisti do seu sorriso alegre e dos seus olhos brilhantes. Desisti da dor de pensar em ti, mesmo que seja impossivel tirar você de minha mente. Minha alma grita seu nome, temo que isso nunca passará, talvez a imagem do teu rosto nunca se dissolva, talvez seu perfume não abandone minha pele, talvez as lágrimas não sequem.
Quando o céu lembrar seus olhos e a saudade golpear meu peito estarei completamente fora de foco, como uma Lua que perdeu seu planeta.
Espero que um dia você volte para os meus braços, espero encontrar outra vez seus lábios. Espero ver seu sorriso numa manhã qualquer. Espero que essa esperança nunca acabe, pois tenho medo de perder meus sonhos, espero que um dia eu te encontre entre uma vida e outra. Pois você se foi e sei que não irá voltar. Espero que se sinta feliz, que não me veja chorar. Mas sei que vê, e não posso suportar que me veja sofrendo quando tudo o que eu queria era brincar com suas lembranças doces. Quando o que eu mais quero é esquecer o sofrimento e me agarrar de uma vez à uma única idéia: Desistir de sofrer, não esquecer de tentar e acima de tudo, ser feliz!

15 comentários:

  1. Alguém um dia me disse essa frase " nunca te deixarei". Palavras perdidas no tempo. Já me esqueceu.
    Beijos menina linda.

    ResponderExcluir
  2. É complicado olhar pro lado e não mais ver aquele alguém que queríamos, é triste ver que o pra sempre teve um final mas lembranças ficaram para que trazer a você um sentimento de nostalgia e uma saudade bem doce, porque quando a dor passar, a cicatriz se fechar um sorriso se abrirá atrás daquela lágrima , por saber que esse alguém existe e ti fez ter o melhor do amor, que são as lembranças eternas, a sensação divina... Amar é saber compreender que o final existe em vida, mas para um coração que ama o final nunca existirá, carregue o que tem de melhor desse amor e lhe garanto quando o tempo passar saberá extrair a essencia unica que ele possuiu e isso ti fará imensamente bem.

    Fique bem.

    ResponderExcluir
  3. acho que alguém que a gente ama, de verdade, nunca conseguimos esquecer. a gente até se conforma, mas hora ou outra as lembranças sempre voltam.

    ResponderExcluir
  4. A gente não consegue esquecer o que já se enraizou no nosso sangue.

    :*

    ResponderExcluir
  5. Adorei o texto...
    fikou muito boom.

    bjus =*

    ResponderExcluir
  6. É, é difícil acreditar em 'pra sempre' depois de viver alguns amores. E ser feliz acontece nas curvas, não é? Pelo menos foi o que me disseram...

    ResponderExcluir
  7. desorbitar... bom e ruim.novas fases levam um tempo para a adaptação.

    ResponderExcluir
  8. por mais que agora te martirizes que não, o tempo cura tudo. cada pedaço de dor. Força! I'm with you.*

    ResponderExcluir
  9. Amores de verdade nunca morrem. Mas a dor de se distanciar deles passa, diminui com o tempo, como se escorresse entre nossas mãos. E quando percebemos, há ainda a lembrança de que houve amor. Há a certeza de que aconteceu, porque não parece que sonhamos. Mas não fere tanto quanto antes. Novos amores sempre nos preenchem. E às vezes, essas coisas servem para ficarmosbem conosco, não em solidão, mas numa espécie de convivência mais intimista com nossos próprios desejos e pensamentos.
    Fique bem, querida.

    ResponderExcluir
  10. Desculpa a demora para vim aqui.
    Queria dizer primeramente que acompanho seu blog a muito tempo, e quero comentar que ficou perfeito esse layout novo. Parabéns!

    Sobre o post, sempre é dificil conviver com a perda de um amor, sempre passamos por grandes tristezas, nosso peito se enche de lágrimas...

    ResponderExcluir
  11. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  12. Acredito que o pior é acreditarmos em 'palavras', acho que o quanto menos botarmos fé na palavra das pessoas; melhor. É como o medo; quanto mais tememos algo, mais ele se aproxima de acontecer. E com as palavras é do mesmo modo... Acho que devemos acreditar nas pessoas, mas não tanto nessas palavras que são ditas em momentos mutuos... Em algum momento iremos saber se elas são realmente reais para podermos crer tanto nelas.

    Ah, Dani, respondendo ao seu comentário*
    Estou escrevendo um livro sim. Logo finalizo e inicio o segundo... Ah, é uma deliciiia :) rs E obrigada por torcer por mim!
    Espero que um dia escreva o seu!

    Ah, já começou a ler o Ladrão de raios?
    Estou adorando o livro!

    Beijão!

    ResponderExcluir
  13. "Desisti da dor de pensar em ti, mesmo que seja impossivel tirar você de minha mente. Minha alma grita seu nome, temo que isso nunca passará, talvez a imagem do teu rosto nunca se dissolva, talvez seu perfume não abandone minha pele, talvez as lágrimas não sequem."

    incrivel como eu me senti igualzinha há uns dias atrás.. talvez 4 ou 5 dias. mas, sabe... agora eu tenho certeza de que pensar nele dói menos, bem menos. e mesmo que doa, também cura, ao mesmo tempo.
    isso que escreveste foi lindo.
    LINDO.
    uma das melhores coisas que li aqui.

    ResponderExcluir
  14. A felicidade não é uma estação, mas sim a maneira que você faz a sua viagem.
    Então seja feliz.

    Beijos

    ResponderExcluir
  15. Não perca o capítulo especial do conto Sangue Frio, apresentado pelo Blog Sentimento Padrão.
    Tenha um ótimo fim de semana!

    ResponderExcluir