domingo, 13 de dezembro de 2009

"Teus olhos certos mas não sei o que dizer..."

Eu poderia escrever um livro sobre tudo o que eu já senti por você, um capítulo para cada expressão, um parágrafo para cada minuto. E escreveria por toda vida se pudesse. Como um retrato do teu rosto, onde cada detalhe estaria incluido no meu ser. E o teu sorriso seria a capa do livro, e os teus olhos seriam o título. Teus olhos certos, que me calam e me acalmam e me fazem viver. Lembra daquela noite, em que eu vi você chorar? Por culpa dos teus sonhos irreais, da tua força iludida de amor e de um desamor quase fatal. Por medo do incerto, da saudade do que nem sequer acabou...
Um encontro que paralisa, e tudo o que se pode fazer é olhar. Uma despedida que machuca, desarma, separa e faz pensar... Sair sem rumo, ignorar o som, as pessoas, a fumaça e a bebida largada no chão. Chorar sem saber bem o por quê e perguntar-se várias vezes a quanto tempo tudo começou.
Beirar a loucura, olhar o céu a procura de um abraço, um alento. E de repente sentir falta e uma dor horrivel no peito. E tudo acabar do nada, assim como começou. Em um encontro que paralisa e um sentimento de indecisão mesmo quando se sabe o que quer. Todo amor e toda dor andam juntos, em encontros e desencontros que paralisam, e uma voz que não sabe o que dizer.

29 comentários:

  1. Gostei bastante do texto. De uns dias pra cá, tenho me identificado tanto com textos assim. Apesar de eu não estar passando por nenhuma dessas situações, ela me foi bem real e bem marcante em meses atrás.

    :*

    ResponderExcluir
  2. isso sim é uma declarção simples e profunda!
    me emocionei, ta lindo.


    bjos

    ResponderExcluir
  3. Dani,
    Você a cada dia se supera..
    Ler você é se emocionar, recarregar
    as energias e sentir mais um pouquinho
    de dor e amor.

    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Nem preciso dizer que eu amo tds seus textos, né? Esse não foi diferente, muito bom, menina!
    Bjooss

    ResponderExcluir
  5. Lindíssimo texto!!!

    Um Feliz Natal!!!!!!

    Na oportunidade, DANIELA estou convidando você para conhecer meu blog de humor,"HUMOR EM TEXTO".

    É de graça!

    Um abração carioca.

    ResponderExcluir
  6. Quanta delicadeza...
    dá pra sentir o amor transbordar.

    Eu escreveria vários, vários, vários livros também.

    ResponderExcluir
  7. Desejo de todo o coracao que esse romance de certo pra voce,quado tinha sua idade,conheci alguem que me marcou ate hoje,mas pra mim nao deu certo...
    Muita felicidade e luz para voces dois!

    ResponderExcluir
  8. Olhos
    Pele
    Gestos
    Sorrisos
    Dá sim para escrever livros



    Bjos menina.

    ResponderExcluir
  9. quando a boca não consegue falar, os dedos podem sempre escrever todos os sentidos que a alma encerra no ser.

    ResponderExcluir
  10. um texto belissimo, cheio de amor e paixão :)
    muito bonito mesmo.

    ResponderExcluir
  11. mas sabe o que deixa o amor tão emocionante? o incerto.

    adoro surpresas.

    que linda surpresa teu maravilhoso texto (:

    ResponderExcluir
  12. Danii me responde entao uma coisa sobre a serie A Mediadora, ela fica com o Jesse?
    p.s eu vou voltar pra comentar o texto! é que agora eu ja to saindo do pc ;*

    ResponderExcluir
  13. *----* eu amo tdo qe escreve, isso é fato
    muito profundo.


    bjooos

    ResponderExcluir
  14. Todo amor e toda dor andam juntos, em encontros e desencontros que paralisam, e uma voz que não sabe o que dizer.

    É bem isso, dor e amor andam juntos. Impossível amar sem sofrer.

    Um beijo.

    ResponderExcluir
  15. NOssa muito lindo flor
    mais é a vida a dor está ao lado do amor
    quando se sente um nunca da pra n sentir o outro...

    beijos

    ResponderExcluir
  16. Espetacular!

    "Por medo do incerto, da saudade do que nem sequer acabou..." tocou-me.

    beijos querida!

    ResponderExcluir
  17. Que lindo *-*
    Porque tudo que acaba, um dia termina, mas sempre uma chance para recomeçar.

    ResponderExcluir
  18. Lindo demais, você escreve muito mesmo!

    beijo ;*

    ResponderExcluir
  19. que coisa linda, amo as suas palavras, acalma qualquer coração, qualquer sentimento, qualquer choro. bem, uma otima declaração mesmo

    ResponderExcluir
  20. O problema é viver nessa selva, nem sempre amistosa, entre encontros e desencontros!
    Bjoooooooo!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  21. - Poderia escrever um livro como o seu..
    E detalhar minunciosamente..
    E ler
    reler e reler
    Viver..

    Lindo texto Flor!

    ResponderExcluir
  22. muito linda essa declaração..
    quando a gente ama gosta muito de escrever sobre isso..
    adorei o post!
    bjOo!

    ResponderExcluir
  23. Amores dão belas histórias! sofremos, mais estamos aprendendo com isso né?!
    beijos

    ResponderExcluir
  24. Cara Daniela, pela primeira vez aqui vim, e já estou a seguir :) Tens um poder de escrita brutal! (L)

    ResponderExcluir
  25. Eu acredito se fosse escrever sobre ele,tbm daria um livro!Mais queria que a voz firme e marcante estivesse inclusa!
    Quero-o tão intensamente !Mas não posso querer.ele insiste em me magoar,e o que fazer ?
    Fico assim como você sem saber o que dizer!

    ResponderExcluir
  26. Muito bonito, em certas partes eu me senti no texto.
    Beijo.

    ResponderExcluir
  27. lindo. eu tambem seria capaz de escrever assim por alguem.
    e eu amo a música do titulo do post.

    ResponderExcluir