sábado, 14 de novembro de 2009

Por toda a eternidade...

Me perdi em textos de olhar o horizonte, frases que vi nas estrelas, sonhos que perdi no escuro. Em um mundo que parou de girar e mudou de foco, que mudou de plano. Sorri por engano quando eu quis chorar.
Senti sob meus dedos lentos o som nascendo. Em meus movimentos brevemente observados, em meus sonhos esquecidos a cada despertar. Vi que esqueci das minhas flores, mas vi que elas permaneceram vivas. Pois mesmo estando em meu esquecimento, estão comigo. Pois mesmo sabendo da falta de proteção, aguardam o meu retorno.
Eu falo das palavras que contenho, que não ouso falar. Falo dos sentimentos que perco, do sentimento que cresce e da dúvida que atrai. Falo das músicas que ouço, dos versos que leio... Penso que só de pensar em mim já penso em ti, e o que vem depois disso eu nunca sei explicar.
Tenho em mente a sombra de um abraço que me faz tão bem quanto o ar, um sentimento que não cabe no peito, uma explosão de verdade. Como se fosse tudo e nada, e como se acabasse logo depois de começar.
Como se não tivesse fim, se eu soubesse ao menos quando começou... Mas isso não importa, já sei o que quero e do que preciso. Já sei o quanto posso esperar e até onde me limito a ir. Sei que de me esqueci de voltar pra casa, me perdi no caminho, esqueci por quantas ruas passaria, quantos passos eu daria...
Esqueci que a saudade machucava e que a dor era insuportável. Esqueci de tudo pra pensar somente no presente, que me faz feliz hoje, por toda a eternidade!

23 comentários:

  1. oi menina! depois eu posto o disco que tem aquela musica que a Elis canta pra vc!
    obrigada por visitar meu blog adorei!
    axo q já disse até né, teu espaço aki é muito lindo!!!

    beijos

    ah irei por seu blog la na listinha dos amigos blz

    ResponderExcluir
  2. esquecer do futuro e pensar no presente ... ás vezes é perigoso, mas quando faz bem é tão gostoso .
    Adorei como sempre / liindo *-*
    Bjoos ;*

    ResponderExcluir
  3. se vc musicasse ia ficar mara!
    escreve pacas de bem

    ResponderExcluir
  4. o passado sempre nos faz buscar respostas para o futuro. ta ai a infelicidade humana

    ResponderExcluir
  5. e dá vontade de falar pra ele depois de tudo isso: sabe de que eternidade eu to falando? da NOSSA eternidade.

    muito bom =*

    ResponderExcluir
  6. Não importa o tempo que a gente viva, tem coisas que vão passar, outras vamos descobrir, mas no final, tudo sempre vai está com a gente por resto da nossas vidas.

    ResponderExcluir
  7. a "eternidade" termina sempre no principio de uma nova historia, e começa tudo outra vez....
    Gosto muito do teu blog, desse teu modo bonito de escrever.
    Maurizio

    ResponderExcluir
  8. esqueçer de tudo pelo que te faz feliz no hj e que te fara feliz por toda eternidade... bom acho que tem coisas que merecem ser apagadas mas tem coisas que nem o tempo apagar (obg pela visita otimo domingo Natália Ferreira

    ResponderExcluir
  9. É Dan, ontem eu pude aprender e concluir com tds as palavas que "Esqueci que a saudade machucava e que a dor era insuportável. Esqueci de tudo pra pensar somente no presente, que me faz feliz hoje, por toda a eternidade!" é verdade...eu achei que estivesse tão bem...

    Abração, adorei o seu blog...

    ResponderExcluir
  10. Adorei o texto *-*
    Muito perfeito...
    ameii essa parte:"Como se fosse tudo e nada, e como se acabasse logo depois de começar."

    bjus flor ;*

    ResponderExcluir
  11. Esqueci que a saudade machucava e que a dor era insuportável. Esqueci de tudo pra pensar somente no presente, que me faz feliz hoje, por toda a eternidade!


    ooowwn cadaa textoo seu eu aprendo algoo de boom pra viida :)
    pode acrediitar ]

    amooo vc

    ResponderExcluir
  12. A saudade machuca e existe sentimentos inexplicaveis mesmo. E viver no presente por toda a eternidade é saber viver!

    Boa semana e beijinhos.

    ResponderExcluir
  13. é o presente que importa né?! ;)
    viva ele e seja feliz!

    obg pela visita querida, boa semana
    besos

    ResponderExcluir
  14. Temos o passodo como referências
    E o futuro o agora.

    Bjos menina linda.

    ResponderExcluir
  15. Viver intensamente eh sempre positivo,mas nao cometa o erro de esquecer o futuro,tah?
    Se os tres tempos nao fossem impostantes,simplesmente nao existiriam,aprovei o maximo deles em conjunto.

    ResponderExcluir
  16. às vezes esquecer é preciso para saber viver.

    ResponderExcluir
  17. Tenho sido tão mais feliz, a partir do momento que foquei no meu presente eterno...
    ameei ;*

    ResponderExcluir
  18. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  19. "Esqueci que a saudade machucava e que a dor era insuportável. Esqueci de tudo pra pensar somente no presente, que me faz feliz hoje, por toda a eternidade"


    Isso é o melhor que você faz.
    :)

    ResponderExcluir
  20. Ser feliz hoje!
    Talvez esse seja o segredo!

    O amor é sempre novo. Ele nunca envelhece porque é não-cumulativo, não-armazenador.

    O amor não conhece nenhum passado; é sempre fresco, tão fresco como as gotas de orvalho. Ele vive momento a momento, é atômico. Não tem nenhuma continuidade, não conhece nenhuma tradição. Cada momento ele morre e cada momento ele renasce novamente. É como a respiração, você inspira, você expira; de novo você inspira e expira. Você não o guarda dentro..

    Então vamos viver hoje!

    Beijos
    Já te mandei email!

    ResponderExcluir
  21. Lindo seu texto, acho q não devemos procurar no passado, e sim viver mais o presente!
    beijos

    ResponderExcluir
  22. esqueçeu do resto e lembrou-se de si...e isso é maravilhoso.
    sentir-se primeiramente, fazer algo por si e sentir a beleza de que é o presente!
    ^^


    adorei


    bjos

    ResponderExcluir