sábado, 30 de maio de 2009

Como yo...

Perdida em seus pensamentos, ela passa e não olha.
As mãos nos bolsos, andando contra o vento frio, fones no ouvido e a cabeça em algum lugar distante.
Ninguém sabe, ninguém se atreve a saber, o que se passa atras desses olhos profundos. Misteriosos. Ninguém imagina que o que ela parece ser está longe do que é de verdade.
Andando em passos rápidos e largos, sem olhar pra ninguém, sem notar ninguém...
Então ela sorri sozinha, lembrando de alguém que fala de uma forma engraçada, uma pessoa que ela não imaginou que não lembraria com tanta frequencia, e que sentisse tamanho sentimento.
Como se não existisse mais ninguém naquela rua pra ver seu sorriso rápido. Em passos largos, logo ela se foi e não voltou.

15 comentários:

  1. sinceramentee^?^tenhu q esperança de ver seus livros em varias livrarias do mundo todo *-*
    comprareei e kero autógrafo :)AHUHUA

    bejos te amoo

    ResponderExcluir
  2. Perplexa. Grande menina no texto. Bem parecida comigo.
    :*

    ResponderExcluir
  3. Caracaaa vc eh incrivel meninaa, esse texto eh de autoria sua??? vc tem q ser escritora viu, vai longeeee!! rsrs aii keria tanto ser criativa assim =/ mas infelizmente n dou p coisa hauhuahuahuah!!
    Enfim...Sampa eh muito lindo, uma cidade encatadora e perfeita! vale a pena conhecer ;)

    Beijos Florzinha ;***

    ResponderExcluir
  4. Misterioso, porém, perfeito.
    Um simples pensamento, pode trazer uma grande experiencia.

    ResponderExcluir
  5. ah, que tudo *-*
    eu acho que eu tenho momentos exatamente assim, sorrindo sozinha com meu mp3.

    beijos.

    ResponderExcluir
  6. ..'ninguém nunca esquece ninguém, por mais que nós falemos que esquecemos uma pessoa é impossivel que isso aconteça, porque essas pessoas nunca vão ser apagadas da nossa memória'(o coment qe deixou no meu blog) A M E I sua teoria vei.é muito³ phodá,e acho qe voc tem toda razao,agente nunca esqeçe uma pessoa. aaaaaah,ta LIINDO seu post *-* amei♥

    ResponderExcluir
  7. eu acho que eu tenho momentos exatamente assim, sorrindo sozinha com meu mp3². com o pensamento longe,lembrando de uma pessoa qe eu NUNCA pensei qe pudesse ter o meu sentimento mais sincero e verdadeiro. mew,é muito perfeito o texto *--*

    ResponderExcluir
  8. Olá Daniela, primeira vez q venho no seu blog e fiquei curioso para saber o q se passava na cabeça dessa menina, mas o sorriso diz q coisa ruim não era né rs rs rs rs
    bjssssssssssss
    até mais
    fernu

    ResponderExcluir
  9. parece eu indo trabalhar pela manhã...
    ai ai q bonito.
    bjos

    ResponderExcluir
  10. Oi Dani!
    pela primeira vez passei por seu blog e confesso fiquei surpreso com a qualidade de seus posts. Parabéns seu Blog é maravilhoso
    espero uma visita sua

    http://pcsouzabv.blog.uol.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Acho q toda mulher tem um pouco dessa menina, vc escreve muito bem qurida ! amei seu blog!
    voltarei mais vezes, bj*

    ResponderExcluir
  12. O final é perfeito, mas adorei essa parte: "Então ela sorri sozinha, lembrando de alguém que fala de uma forma engraçada, uma pessoa que ela não imaginou que não lembraria com tanta frequencia, e que sentisse tamanho sentimento."

    Adoro o seu Blog! =)

    Beijos.

    ResponderExcluir
  13. "As mãos nos bolsos, andando contra o vento frio, fones no ouvido e a cabeça em algum lugar distante." Perfeito!
    Praticamente me descreveu nesse texto, muito lindo! beijos.

    ResponderExcluir
  14. Até parece que é sobre mim esse texto !
    Como sempre, arrasou!
    É.. é péssimo quando você começa a errar as notas no violão. mais eu tô convicta de que vou aprender! afinal, é uma das coisas que eu quero fazer antes de morrer!

    Beiiijos ;*

    ResponderExcluir
  15. se foi até sumir no horizonte...!

    :D

    massa

    ResponderExcluir