domingo, 12 de abril de 2009

Tan distante y tan cerca

Te sinto tão distante e tão perto, como se a pouco distância que nos separa fosse imensa, maior do que se pode imaginar. Gostaria de poder te abraçar e falar que eu jamais vou te deixar e que nunca quero te ver triste. Mas eu não posso impedir que você viva seus sentimentos.
Porque você está tão longe e tão... tão perto.
Como se você não quisesse ser tocada, não quisesse ser vista.
Eu me pergunto o que te levou a fazer tantas coisas, tantas coisas que hoje te atingem de baixa guarda.
E quando você sente o medo tomar conta do seu sangue, por favor resista. Resista porque eu não quero te ver chorar, não quero nunca te ver chorar. Quero que você viva eternamente em felicidade incontavel.
Quero que você sinta o Sol na sua pele e lembre como é sentir calor, quero que sinta a chuva em seu rosto e lembre como é bom senti-la. Eu quero que você chore de alegria pelo menos uma vez em tanta tristeza.
Quero que você se sinta bem, feliz, quero que você nunca deixe de sorrir, nunca.
Quero que volte a ser a pessoa que eu vi sorrir pela primeira vez pela simples frase: 'Eu amo eles'. Não sei se você se lembra, mas eu não me esqueci.

5 comentários:

  1. pero no voy abandonarte,NUNCA.De verdade,NUNCA,puedes no estar siempe a mi lado,pero si en mi corazon y esto nadie vá cambiar.
    ;x

    eu te amo...

    ResponderExcluir
  2. Bem intenso, e como se em cada palavra tivesse um pouco desse sentimento que você sentia quando escreveu. Está de parabéns, muito bom.

    Boa Semana.

    ResponderExcluir
  3. ADOREI SEU BLOG PARABENS QUANDO DER VISITE O MEU WWW.PALAVRASARTEBLABLABLA.BLOGSPOT.COM

    ResponderExcluir
  4. A proximidade muitas vezes acaba aumentando a distâncias entre as pessoas...

    Beijoos

    ResponderExcluir
  5. Parece tradução de música ;p

    Porque fica tocando só uma música aqui? --' xD

    Pensei que ia escrever tudo em espanhol ;P

    "A primeira vez é, sempre, a melhor e é ela que tentamos repetir."

    ResponderExcluir